Certificado de ações de Steve Jobs na Apple vale US$ 195 mil

Por Redação | 22 de Setembro de 2016 às 17h21
photo_camera Reprodução

Essa é para os fãs da Apple e da história da fabricante - ah, e para quem tem bastante dinheiro também. Foi colocado à venda na internet o primeiro certificado de ações que Steve Jobs recebeu após a Apple se tornar uma empresa listada na bolsa de valores em 1980. O preço? "Apenas" US$ 195 mil.

O objeto foi guardado por mais de 35 anos, após quase ser jogado fora em 1985 quando Jobs deixou a companhia. Na ocasião, o CEO da Maçã John Sculley ordenou que todos os objetos da sala do fundador da empresa fossem removidos. Entretanto, um funcionário esperto viu que o tal papel poderia ter valor no futuro e o guardou.

Papéis com a assinatura do ex-líder da Apple provaram ser valiosos nos últimos tempos, principalmente após a morte de Jobs. Uma carta assinada pelo executivo a outro co-fundador da Apple, Ron Wayne, foi vendida na casa de leilões Sotheby's, em Londres, por US$ 1,5 milhão em 2011.

Mesmo, assim, US$ 195 mil dólares por um papel sem muito valor nos tempos atuais pode ser um pouco demais. Mas se você é fã incondicional da marca e tem bastante dinheiro para torrar, você pode entrar neste site e conferir o objeto histórico.

Fonte: CultofMac

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.