CEO do Yahoo! estaria à procura de compradores que a mantenham no cargo

Por Redação | 04.03.2016 às 12:20

O Yahoo! está fadado e não há outro jeito além de a empresa ser vendida. Dada a força da marca, é difícil crer que ela vá simplesmente desaparecer quando adquirida por outra companhia — e já há algumas candidatas a isso —, mas a atual CEO Marissa Mayer espera que outra coisa não mude após a venda do Yahoo!: o seu cargo. De acordo com reportagem do jornal New York Post, a executiva estaria secretamente costurando acordo com possíveis compradores que a mantivessem na presidência executiva do serviço de internet após a negociação.

Quem está à frente das conversas a respeito da venda do Yahoo! é o banqueiro Frank Quattrone, informa a publicação, e já tem bastante gente interessada no acordo proposta por Mayer e pelo banqueiro— de acordo com a reportagem, ambos já receberam mais de 40 expressões de interesse sobre os principais negócios da companhia. “Quattrone tenta encontrar compradores que queiram ela na liderança”, afirma uma fonte. “Isso está gerando conflito”.

Assim, apesar da abundância de outras empresas interessadas em ficar com o Yahoo!, as coisas definitivamente não andam tranquilas. As diferenças nos bastidores mostram que acionistas parecem caminhar em uma direção diferente daquela tomada por Mayer. Enquanto ela teria contratado Quattrone (informação não oficial e veiculada por fontes inteiradas do processo), os acionistas contrataram a consultoria de instituições como Goldman Sachs, JP Morgan e PJT Partners para agilizar o processo de venda da companhia pioneira da internet e encontrar o melhor negócio para salvar o seu dinheiro. E pelo visto o imbróglio está longe do fim.

Fonte: New York Post