CEO da TOTVS anuncia planos e expectativas para o futuro da companhia

Por Redação | 27.06.2016 às 20:53

De acordo com o presidente e fundador da TOTVS, Laércio Cosentino, o processo de transição de comando iniciado em julho do ano passado não deverá ser concluído. Para quem não se lembra, em meados de 2015 Rodrigo Kede, ex-IBM, passou a dividir o comando da companhia, mas o arranjo acabou sendo desfeito em janeiro deste ano.

Apesar da divulgação da TOTVS sobre a saída de Kede ocorrer por motivos de saúde, no dia seguinte o executivo acabou assumindo o cargo de gerente geral da IBM na América Latina. De acordo com as informações, o problema da transição não veio desacompanhado, já que nos últimos meses a companhia tem visto um decréscimo em seu faturamento e a saída de alguns importantes executivos.

Apesar de todos esses enfrentamentos, Cosentino garante que toda a situação está sob controle. "As mudanças que estão sendo feitas na companhia não são algo que se faça da noite para o dia. A empresa nunca saiu dos trilhos”, explica.

Sobre o assunto, vale lembrar que as mudanças pelas quais a TOTVS passa estão relacionadas à introdução de um novo modelo por assinatura para a compra de software. Dessa forma, segundo o executivo, era previsível que houvesse impacto na receita no curto prazo. Além disso, a empresa tem contado com novos desafios e adequações, oriundos da compra da Bematech (feita por um montante de de R$ 550 milhões).

Outra questão que precisa ser destacada é que a crise econômica brasileira dos últimos dois anos também tem contribuído para a diminuição da receita da companhia. Mas mesmo com todas as dificuldades e mudanças pelas quais a empresa tem passado, Cosentino aparenta otimismo para os próximos meses: "Acredito que com definição da situação do comando do país, seja qual for ela, a situação deve começar a andar”, afirma o CEO.

Quanto às suas expectativas, Laércio Cosentino relata, inclusive, que nos últimos 90 dias a companhia notou aumento no interesse de clientes, e que a TOTVS está preparada para aproveitar todas as oportunidades com a melhoria da economia no país.

Com informações do Baguete