CEO da Toshiba renuncia ao cargo após escândalo contábil

Por Redação | 21 de Julho de 2015 às 12h25

Após um escândalo contábil em que executivos da Toshiba fraudaram resultados financeiros, o CEO e presidente da companhia, juntamente com outros oito envolvidos, renunciou ao cargo. Hisao Tanaka, que estava na empresa há 42 anos, será substituído pelo atual chairman, Masashi Muromachi, que assumirá o cargo de presidente executivo interinamente.

Os outros dois executivos foram o ex-presidente Atsutoshi Nishida, que atuava como conselheiro; e o vice-chairman Norio Sasaki, além de mais 6 membros do conselho diretor da companhia.

CEO da Toshiba

CEO da companhia curva-se ao se desculpar pelo ocorrido durante anúncio de sua renúncia

O escândalo

O conglomerado Toshiba, que produz desde eletrônicos a equipamentos para usinas nucleares, contratou uma firma independente para fiscalizar os resultados financeiros reportados pelos executivos nos últimos anos. A auditoria encontrou uma fraude bancária gigantesca em que os lucros da empresa foram inflados em US$ 1,2 bilhões nos últimos 6 anos.

Após a crise financeira que eclodiu por volta de 2008, a empresa passou por problemas e o antigo presidente Atsutoshi Nishida estabeleceu um "desafio" para a recuperação, com metas financeiras de curto prazo bem apertadas e irrealistas. O problema, claro, é que as metas não puderam ser alcançadas, mas mesmo assim os resultados financeiros "batiam" com as metas, com números fraudados pela alta cúpula da companhia.

O terremoto que atingiu o Japão em 2011 e danificou a usina nuclear de Fukushima contribuiu para piorar a situação da Toshiba, já que a empresa era um dos principais fornecedores de material nuclear para o local.

Desde o início das investigações em abril, as ações da companhia tiveram redução de 27%. Logo após o anúncio desta terça-feira (21), os papéis tiveram uma alta de 4%, mas segundo analistas a tendência é que eles continuem a cair.

Via Bloomberg, The Next Web e CNN

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.