Carros da Volkswagen movidos a gasolina também excedem emissão de CO2

Por Redação | 04 de Novembro de 2015 às 10h02

No mês de setembro a montadora alemã Volkswagen havia admitido que utilizou dispositivos para manipular testes de emissão de poluentes em mais de 11 milhões de seus veículos a diesel. Agora, diversos outros modelos movidos a gasolina também estão envolvidos no escândalo. Nesta terça-feira (03), a Volkswagen informou que adulterou o nível de emissão de dióxido de carbono em cerca de 800 mil veículos, incluindo modelos movidos a gasolina.

Esta é a primeira confirmação de que algumas versões de carros movidos a gasolina da fabricante excedem o nível máximo de emissão de dióxido de carbono. A empresa ainda não forneceu mais detalhes sobre o assunto, mas chegou a tal conclusão após realizar testes de emissões internos.

A Volkswagen apresentou as suas conclusões após o fechamento do mercado europeu nesta terça-feira. Em outubro, a companhia divulgou um prejuízo trimestral de US$ 3,84 bilhões, seu primeiro déficit em 15 anos. O escândalo obrigou o CEO da Volkswagen, Martin Winterkorn, a se demitir, embora ele tenha afirmado que não sabia de nada relacionado aos dispositivos manipuladores em modelos à diesel.

Já o CEO da Volkswagen nos Estados Unidos, Michael Corno, disse que sabia de uma "possível não conformidade nas emissões" em 2014, antes que a Agência de Proteção Ambiental começasse a investigar a situação. Outros relatos indicam que alguns executivos da companhia sabiam sobre a elevada emissão de dióxido de carbono já em 2007. Na abertura do pregão na Bolsa de Frankfurt, as ações da Volkswagen apresentaram forte queda após o anúncio.

Via Engadget

Fonte: http://www.engadget.com/2015/11/03/volkswagen-gasoline-emissions-lied/

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.