Califórnia suspende programa piloto do Uber com carros autônomos

Por Redação | 15.12.2016 às 12:26

Durou pouco a euforia do Uber em dar início, na quarta-feira, 14, a um programa piloto com carros sem motorista pelas ruas de São Francisco, na Califórnia. O Estado americano suspendeu o novo serviço de veículos autônomos na cidade em questão alegando falta de autorização e com a ameaça de um processo.

A empresa acreditou que, mesmo sem a permissão do Department of Motor Vehicles (DMV) – o correspondente ao Detran na Califórnia – conseguiria colocar sua frota de carros autônomos nas ruas já que pelo menos um funcionário estaria no carro por questões de segurança, para monitorar e assumir o volante se houvesse necessidade.

De acordo com o DMV, vinte empresas receberam autorização para testar um total de 130 veículos autônomos. Em carta ao Uber, o advogado do DMV, Brian Soublet, afirma que a autorização é exigida em parte para garantir a segurança da população. “É ilegal que uma empresa opere veículos sem motorista em vias públicas sem uma autorização de teste de veículos autônomos”, escreveu.

“É essencial que o Uber tome medidas apropriadas para assegurar a segurança da população. Se o Uber não confirmar imediatamente que isto parou e solicitar permissão para os testes, o DMV iniciará ações legais”, completa a carta.

Fonte: Folha de S.Paulo