Xbox One vira kit de desenvolvimento para apps integrados [Build 2016]

Por Felipe Demartini | 30.03.2016 às 14:00
photo_camera Divulgação

Se os aplicativos integrados são o futuro da tecnologia para a Microsoft, isso se aplica também aos jogos. E durante a Build 2016, seu evento para desenvolvedores, a empresa voltou a anunciar que todos os seus jogos exclusivos daqui em diante serão lançados simultaneamente para PC e Xbox One.

A ideia, entretanto, é ir além disso. De acordo com Phil Spencer, diretor do setor Xbox, o objetivo final da Microsoft é facilitar ao máximo a portabilidade de jogos de uma plataforma para outra, tornando a vida dos desenvolvedores mais simples e aumentando a amplitude das propostas criadas para as plataformas.

Uma das primeiras iniciativas desse tipo, por exemplo, é a entrega de uma promessa que havia sido feita na época do anúncio do Xbox One: a transformação de qualquer console em um kit de desenvolvimento. A novidade foi exibida ao vivo no palco da Build 2016, e os interessados podem baixar um aplicativo dedicado a isso e realizar o registro para que a plataforma seja aberta e torne possível o desenvolvimento de jogo.

Em uma demonstração ao vivo, a empresa mostrou como um produtor de aplicações pode programar e testar seus softwares em tempo real tanto no PC quanto no console. Isso pode acontecer até mesmo de forma remota, sem que o usuário efetivamente esteja na frente do Xbox One, e a ferramenta conta ainda com um suporte avançado para controles, capaz de configurar automaticamente os comandos dos softwares para joysticks, interfaces de touch ou teclado e mouse.

Forza Motorsport 6 Apex

Forza Motorsport 6: Apex é um exemplo disso. A versão para PC do conceituado título de corrida da Microsoft e da desenvolvedora Turn 10 chega aos computadores com Windows 10 rodando em resolução 4K e com uma taxa de 60 quadros por segundo. De acordo com Spencer, isso foi possível de forma incrivelmente rápida e simples por meio de ferramentas de conversão que estão sendo disponibilizadas pela companhia.

O mesmo vale para outras plataformas. O kit de desenvolvimento atual da Microsoft, por exemplo, permite o port rápido de um game do Steam para a loja do Windows, e dá um suporte avançado a atualizações e modificações. Conteúdos adicionais, passes de temporada e microtransações também fazem parte do pacote, que a companhia promete incrementar cada vez mais.

Ao finalizar sua fala sobre jogos, Spencer afirmou ainda que a atualização de aniversário do Windows 10, que deve chegar entre o fim deste semestre e o começo do próximo, também trará mais novidades para o Xbox One. Sobre isso, entretanto, mais informações serão reveladas apenas na E3, que acontece em junho.

Enquanto isso, a conferência Build 2016 continua rolando em São Francisco, nos Estados Unidos. O evento, que conta com uma série de palestras e apresentações focadas nos desenvolvedores, vai até o dia 1º de abril, e a cobertura completa você continua acompanhando aqui no Canaltech.