Build 2015: Smartphones com Windows 10 poderão servir como mini CPUs

Por Redação | 29.04.2015 às 17:16
photo_camera Divulgação

Durante a Build 2015, evento anual da Microsoft para desenvolvedores e que está acontecendo entre os dias 29 de abril e 1 de maio em São Francisco, nos EUA, a empresa falou sobre como deverá ser o funcionamento do Windows 10 em smartphones.

Durante uma das apresentações desta quarta-feira (29), a Microsoft demonstrou as funções "dois-em-um" do seu sistema Continuum, que emprega ao software duas interfaces diferentes e permite o uso do sistema de duas formas distintas: tanto em displays touchscreen, ou seja, tablets e smartphones, havendo uma interface específica para isso, quanto a possibilidade de se optar pelos tradicionais mouse e teclado e fazer do aparelho um desktop. Em outras palavras, tendo o sistema Continuum em um aparelho mobile com Windows 10, ele poderá se transformar em uma pequena CPU portátil.

Funciona da seguinte forma: o Continuum se ajusta à interface dependendo do que estiver conectado a ele, indo desde funções de tablet até às de desktop. Se o usuário plugar teclado e mouse no dispositivo, ele entra em modo desktop. Se não houver nada plugado, o próprio sistema faz surgir um pop-up perguntando ao usuário se ele deseja usar a interface de tablet, com funções touch habilitadas.

O modo de desktop dos smartphones com Windows 10 vai incluir Menu Iniciar e Barra de Pesquisa — ferramentas típicas de PCs. Por ora, os aparelhos que forem obter o novo sistema precisarão de melhorias em seus softwares para suportar os recursos, afirmou a Microsoft.

Via Engadget.