Bitcoin se divide em duas e a nova moeda digital estreia em alta no mercado

Por Redação | 01.08.2017 às 18:16

A terça-feira (1) começou com a notícia da divisão da Bitcoin, que, agora, gerou uma segunda moeda digital chamada Bitcoin Cash, criada depois de uma discussão na comunidade, que questionava a capacidade de processamento da cibermoeda.

Isso porque a Bitcoin tem um limite de 1 megabyte de processamento, e parte da comunidade de mineradores propôs atualizar o software para um novo sistema (o SegWit2x), levando alguns dados do blockchain para fora da rede principal, a fim de aumentar essa capacidade e elevar o número de transações. Contudo, alguns acreditaram que esse sistema não tinha potencial para melhorar a Bitcoin.

Agora, a Bitcoin Cash foi construída na mesma rede de blocos, mas o novo software aumenta o tamanho deles, que compõem a rede para permitir o processamento de mais informações. Quem possui bitcoins em carteiras virtuais ou serviços de transação deverá ver suas quantias em dobro, sendo uma unidade em Bitcoin Cash para cada bitcoin — contudo, isso não significa que seus valores serão duplicados.

Por enquanto, a divisão da Bitcoin não está contando com o apoio das grandes operadoras da moeda, mas seus apoiadores acreditam que a Bitcoin Cash vai dar um “respiro” para a moeda virtual, que já existe há quase 10 anos.

A partir de agora, o futuro das duas criptomoedas ainda é incerto, mas a estreia da Bitcoin Cash no mercado foi recebida positivamente, chegando a subir mais de 40% e atingindo o valor de US$ 424, enquanto a bitcoin convencional caiu 3,56%, ainda assim valendo incríveis US$ 2.771.

Fonte: Business Insider