Baidu cria setor dedicado a carros autônomos no Vale do Silício

Por Redação | 22.04.2016 às 14:31 - atualizado em 24.04.2016 às 22:30
photo_camera Divulgação

A gigante chinesa Baidu revelou hoje (22) planos para investir em tecnologia de carros autônomos no Vale do Silício. A empresa anunciou que agora tem uma equipe trabalhando em pesquisa e desenvolvimento para carros inteligentes e que planeja expandi-la para mais de 100 pessoas até o final de 2016. Isto incluirá pesquisadores e engenheiros que irão trabalhar na nova Unidade de Condução Autônoma do Baidu (ADU).

"O Baidu está totalmente empenhado em fazer carros que dirigem sozinhos uma realidade", disse Jing Wang, vice-presidente sênior do Baidu e gerente geral do ADU. "Veículos autônomos vão salvar vidas e tornar o transporte mais eficiente. A equipe no Vale do Silício do Baidu irá desempenhar um papel significativo na construção do carro do futuro".

O empenho do Baidu no mercado de carros autônomos não é nenhuma novidade. Em dezembro, a empresa anunciou que havia concluído com êxito testes rigorosos de carros de autocondução em uma variedade de condições ambientais. No mês passado, a companhia afirmou que estava com planos de realizar testes em estradas nos Estados Unidos. A empresa também está planejando colocar os carros autônomos nas ruas em três anos.

O Baidu tem investido em diversos serviços de transporte, assim como diversas outras empresas de tecnologia. Vale lembrar que a companhia chinesa já realizou grandes investimentos no Uber, serviço de transporte que conecta motoristas e passageiros. Para não ficar para trás, a chinesa deverá investir em tecnologias próprias para o futuro dos automóveis.

Via VentureBeat