Apple vai unificar seus serviços na nuvem para tornar-se mais competitiva

Por Redação | 10 de Outubro de 2016 às 22h53

A Apple está buscando mais competitividade no mercado de Cloud Computing. A estratégia mais recente da empresa é unificar todos os seus serviços na nuvem e criar uma plataforma única, a fim de bater de frente com gigantes do ramo, como a Amazon Web Services (AWS) e o Google Cloud.

Os esforços consistem em aglutinar todas as equipes que hoje trabalham separadas para manter os serviços da Maçã nos servidores, e, assim, melhorar também o desenvolvimento e a qualidade do segmento, que inclui soluções como a Siri, o Mapas, o Apple Pay, o Apple News, o Apple Music, uma parte do iTunes e, claro, o iCloud.

A empresa tem trabalhado pesado para dar mais atenção aos seus serviços online, principalmente porque prevê uma pausa nas vendas dos iPhones no quarto trimestre — já que, ultimamente, muitos usuários que têm um modelo recente do smartphone não viram motivo para fazer o upgrade para a última versão.

Outra plataforma que vai contar com mudanças é a loja virtual de aplicativos App Store, que deve se tornar muito mais interessante para desenvolvedores, ainda mais agora que a empresa começou a testar um sistema inteligente de anúncios em suas buscas.

Para ter uma ideia, no segundo trimestre de 2016, a receita de todos os serviços cresceu 20% para chegar a US$ 6 bilhões — um quarto do total de US$ 24 bilhões gerados apenas pelas vendas do iPhone. Enquanto isso, só as receitas de Cloud da Amazon, do Google e da Microsoft mostram um crescimento impressionante. Apenas a da AWS, por exemplo, cresceu 58% no ano a ano, batendo um valor de quase 3 bilhões no período.

Fonte: Business Insider

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.