Apple vai inaugurar centro de pesquisa e desenvolvimento na China

Por Redação | 16.08.2016 às 12:08

A Apple está planejando construir um novo centro de pesquisa e desenvolvimento na China, numa tentativa de melhorar sua presença e participação no mercado do país, já que vários relatórios apontam queda nas vendas de iPhones e a migração para aparelhos alternativos de baixo custo. O novo centro, que deverá entrar em funcionamento até o final do ano, será o primeiro da Apple na Ásia.

A anúncio foi feito pelo CEO da empresa, Tim Cook, em visita à China esta semana, quando conversou com o vice-premier Zhang Gaoli e detalhou os planos da empresa para o centro. Não foram reveladas mais informações para o público, então ainda não se sabe em qual cidade será instalado ou quantos funcionários a nova instalação da Apple empregará.

Smartphones na China

Essa já é a segunda viagem de Cook para a China este ano. Em maio, o CEO fez um tour por Pequim, onde se encontrou com desenvolvedores chineses de aplicativos e com Jean Liu, presidente da empresa de transporte concorrente do Uber, a Didi Chuxing. Embora tenha se consagrado como segundo maior mercado da Apple no mundo, a empresa anunciou durante seu relatório de lucros no mês passado que sua receita na China caiu cerca de 33% em um ano. Tais números acabaram por permitir a Europa ultrapassar a China e se tornar o segundo mercado mais importante para a empresa norte-americana, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

A preocupação com o futuro da Apple na China decorre do foco pesado do país sobre os produtos e serviços estrangeiros considerados invasores pelo governo chinês, levando a casos como o fechamento do iTunes e iBooks devido a um lançamento considerado controverso pelas autoridades locais. A Apple também tem enfrentado processos judiciais devido a ocorrências semelhantes, tornando mais difícil a missão de firmar o iPhone no mercado em detrimento dos concorrentes de baixo custo abundantes por lá.

Via: MacRumors