Apple suspende planos de lançar serviço de TV ao vivo

Por Redação | 09.12.2015 às 11:50

A Apple suspendeu os planos de oferecer um serviço de TV ao vivo pela Internet, dedicando-se agora apenas em ser uma plataforma para as empresas de mídia comercializarem seus conteúdos diretamente para os clientes por meio da App Store. As informações foram reveladas por uma fonte familiarizada com o assunto que pediu para não ser identificada.

Segundo as informações, a Apple encontrou resistência das empresas de mídia ao considerar vender seus pacotes de canais por US$ 30 ou US$ 40 por mês. As empresas querem mais dinheiro para fechar acordo com a companhia de Cupertino.

Les Moonves, CEO da CBS, afirmou em uma conferência nesta semana que a Apple colocou os seus planos de TV ao vivo "em espera". "Isso vai acontecer. Ela tem quatro grandes redes e 10 redes de TV a cabo, digamos, e o preço será de US$ 30 a US$ 35, US$ 40 talvez. As pessoas não vão gastar dinheiro em canais que não querem ver", afirmou o CEO.

O desacordo entre Apple e as empresas de mídia destaca a dificuldades de convencer as operadoras a reformular o pacote de TV por assinatura convencional, que atualmente custa por volta de US$ 85 por mês nos Estados Unidos. Para que a Apple possa ter êxito neste acordo e lançar o serviço de Live TV, ela teria que cobrar mais de seus usuários, o que poderia impedir que o serviço tenha sucesso e mais assinantes, ou as empresas de mídia teriam que aceitar receber menos do que desejam atualmente.

A Apple tem se espelhado no sucesso da App Store, que tornou o iPhone um grande produto nos últimos anos, para ter sucesso em seu negócio de TV por assinatura. Atualmente, a empresa tem visto empresas de mídia criarem aplicativos e oferecerem canais específicos para os assinantes, como a Time Warner, que vende a HBO por US$ 15 por mês.

Via Bloomberg

Fonte: http://www.bloomberg.com/news/articles/2015-12-08/apple-said-to-suspend-effort-to-develop-live-tv-service