Apple se torna a empresa mais admirada do mundo

Por Redação | 28.07.2016 às 13:50

Todos anos, uma gigante das análises de mercado, a FutureBrand, realiza uma pesquisa mundial para eleger as 100 empresas mais amadas e admiradas por executivos e entusiastas de vários setores. Durante os últimos dois anos, o Google se manteve no topo da lista com uma larga folga perante os demais colocados, mas essa história mudou este ano: agora, a Apple foi eleita como a empresa mais admirada do mundo, e não é porque o Google perdeu popularidade repentinamente.

A pesquisa realizada em 2016 levou em conta a dança de cadeiras que ocorreu no gigante das buscas, pelo fato de não ser mais uma empresa independente, mas sim parte do grupo Alphabet, o Google não pode participar da lista. Já a Alphabet por si só, não tem a popularidade que a sua principal marca adquiriu ao longo dos anos, o que é visível já que a empresa ficou com o vigésimo primeiro lugar da lista. O novo comando de Mountain View ficou trás da própria Apple e outros concorrentes diretos, como a Amazon, que ficou com o oitavo lugar, e o Facebook, que do ano passado para cá, pulou do sétimo para o sexto lugar.

Apple e Google

A Alphabet foi criada em agosto do ano passado, para lidar com setores mais amplos que aqueles tratados pelo Google (Foto: Divulgação/Alphabet)

Apesar de muitos afirmarem que a pesquisa realizada pela FutureBrand não diz respeito ao tamanho real de cada uma dessas empresas, é preciso lembrar que, no mercado corporativo, parecer grande pode, de fato, te tornar grande no fim das contas. Nada disso é motivo de grande preocupação, é muito provável que a Alphabet continue crescendo, já que seu grupo de marcas está em constante ascensão, mas devemos analisar o impacto que o nome de uma empresa, e o seu reconhecimento global, tem sobre os seus investidores e consumidores finais.

De fato, o grande desafio para a Alphabet é superar o Google sem prejudicá-lo, afinal, ele é quem gera a maior parte dos lucros do grupo inteiro. Essa tarefa com certeza irá exigir do conhecimento e experiência dos líderes do conglomerado, e caso consigam sucesso, será um feito memorável para o mundo corporativo.

Por fim, as menções honrosas que ganharam outros lugares de destaque na lista são: Microsoft (2°), Samsung Electronics (3°), Intel (12°) e Qualcom (65°). A Ambev foi a única empresa brasileira a ser citada na lista, com a 22° colocação. Hoje, a empresa é uma das líderes mundiais na produção de bens de consumo como bebidas alcoólicas e refrigerantes.

Fonte: PhoneArena