Apple se envolve em mais uma briga judicial

Por Redação | 04 de Maio de 2017 às 18h36

A atual fornecedora de chips gráficos do iPhone, Imagination Technologies, iniciou uma briga com a Apple depois que a gigante de Cupertino anunciou que passaria a desenvolver seus próprios componentes. De acordo com as informações, a Maçã deixaria de utilizar as peças fabricadas pela Imagination dentro de dois anos, o que causou uma queda gigantesca nas ações da fornecedora.

Segundo relatórios divulgados nesta quinta-feira (4), em apenas um dia o valor das ações da Imagination caiu cerca de 70%, ameaçando a existência da companhia. Na tentativa de se defender, a fabricante a empresa optou por dar entrada em um procedimento formal de resolução de disputas com a Apple, na expectativa de que a companhia de Tim Cook concorde em licenciar algumas de suas patentes gráficas.

O argumento da Imagination é de que a Maçã não pode desenvolver seus próprios chips gráficos sem infringir, pelo menos, algumas de suas patentes, mas a Apple pensa o contrário. Segundo a Imagination, "a Apple não apresentou nenhuma evidência para sustentar sua afirmação de que não precisará mais da tecnologia da Imagination, sem violar as patentes, propriedade intelectual e informações confidenciais da companhia", explicou a empresa.

Esse é um assunto bastante delicado para a Imagination Technologies, já que os iPhones são, atualmente, responsáveis por pagamentos de royalties enormes. Para se manter em funcionamento, a fornecedora já anunciou a venda de duas de suas divisões, a MIPS e Ensigma.

Via Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.