Apple Music pagará US$ 0,02 por execução de faixa em período gratuito de testes

Por Redação | 25.06.2015 às 11:57

De acordo com relatórios da Apple e alguns executivos da indústria musical, a companhia alterou o seu plano de pagamento para os artistas que estarão presentes no catálogo do Apple Music, serviço que deve estrear no mercado no final do mês. Conforme mencionado pelo jornal The New York Times, os relatórios revelaram que a Maçã pagará US$ 0,02 por música executada durante o período de 90 dias gratuitos do serviço.

A mudança trata-se de um investimento da Apple, visto que ela não receberá nenhum centavo dos usuários durante o período de 90 dias. O valor pago pela companhia de Cupertino, no entanto, é semelhante às taxas de serviços gratuitos de streaming concorrentes.

Além da taxa por execução, a Apple também está pagando uma quantia menor para editores e compositores por conta de direitos autorais. Gravadoras confirmaram que as negociações ainda estão em fluxo, o que faz com que a Apple corra contra o tempo a menos de uma semana do lançamento do Apple Music.

Depois das mudanças nos valores pagos, na terça-feira (23) a Apple fechou um acordo com Merlin e Beggars Group, representantes de grande parte de artistas e distribuidores independentes.

As mudanças realizadas pela Apple foram instigadas depois que a cantora Taylor Swift postou uma carta aberta em seu blog lamentando a decisão da Apple de não pagar os artistas por suas músicas durante o período de 90 dias gratuitos que os usuários terão direito. Swift ainda declarou que, sob o modelo vigente, seu álbum "1989" não estaria disponível no Apple Music.

Para resolver a questão, Eddy Cue, executivo da Apple, se encontrou com a cantora para explicar sobre as mudanças de pagamento que o serviço está pensando a implementar, o que, segundo ele, teria agradado a cantora.

Fonte: The New York Times

Fonte: http://appleinsider.com/articles/15/06/24/apple-to-reportedly-pay-02-cents-per-song-for-apple-music-90-day-free-trial-period