Apple Music: companhia deve distribuir 70% da sua receita aos artistas

Por Redação | 16 de Junho de 2015 às 12h16

O novo serviço de streaming de músicas Apple Music deve ter grande parte de sua receita destinada às gravadoras, editoras e proprietários de músicas. Segundo a companhia, eles devem ficar com mais de 70% do arrecadado.

Na semana passada, um contrato do Apple Music havia vazado com informações de que a empresa não pagaria mais de 58% da sua receita com taxas de licenciamento. O fato não agradou muito aos interessados, ainda mais com a informação de que a Apple não pagaria pelas músicas executadas durante o período de três meses de avaliação gratuita.

Porém, a Apple diz que deve pagar aos proprietários de música o valor exato de 71,5% da receita nos Estados Unidos e, fora do país, cerca de 73%. A quantia que as pessoas que escreveram as músicas devem receber vai depender do contrato com as gravadoras e os editores que divulgam as canções. Aproximadamente 70% deve ser destinado a quem possui álbuns completos no Apple Music e para quem possui os direitos de publicação.

O valor de 70% de distribuição da receita do Apple Music é igual ao do Spotify.

Fonte: Business Insider

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.