Apple Music chega ao Brasil ainda neste mês

Por Redação | 09 de Junho de 2015 às 09h31

Após muitos rumores, o Apple Music finalmente se tornou realidade e, com isso, muita gente segue na expectativa de conhecer o serviço de músicas via streaming da Maçã. E, diferente daquilo que estamos acostumados a ver a cada novo lançamento tecnológico, o Brasil vai poder conferir a novidade juntamente com o restante do mundo.

Durante sua apresentação na WWDC nesta segunda-feira, dia 8, a empresa de Cupertino prometeu trazer o seu rival do Spotify para mais de 100 países já no dia 30 de junho juntamente com o iOS 8.4. E, contrariando todas as expectativas pessimistas, a companhia confirmou que os brasileiros vão poder experimentar o recurso simultaneamente com outros países.

O curioso disso tudo é que essa confirmação não foi feita nem mesmo pela própria Maçã, que ainda traz um vago "Em Breve" em sua página oficial. O site MacMagazine procurou os representantes da empresa por aqui e confirmou com eles que realmente estamos na lista daqueles que vão receber o Apple Music nas próximas semanas.

Isso significa que vamos poder aproveitar os três meses gratuitos prometidos durante a conferência e ainda descobrir se a novidade é mesmo a revolução que foi prometida ou apenas mais uma recauchutagem de um formato já existente.

Nada foi dito sobre a existência de um acervo de músicas nacionais e muito menos sobre a existência de rádios locais em vez de oferecer apenas emissoras americanas ou europeias — o que pode ser um fator de peso caso a Apple queira realmente bater de frente com o Spotify, que é líder no Brasil.

Além disso, o preço também não foi confirmado. Enquanto a mensalidade nos Estados Unidos foi anunciada em US$ 9,99 — cerca de R$ 31 na cotação atual —, nada foi comentado sobre os valores em moeda nacional. O curioso é que o site oficial da empresa já comenta sobre as assinaturas e os pacotes familiares, mas não cita nada sobre o quanto isso vai custar. Apenas para termos comparativos, a assinatura do Spotify Premium sai por apenas R$ 14,99.

Vale lembrar também que o lançamento no dia 30 de junho vale apenas para os usuários de serviços da Apple, seja com iPhones e iPads a partir do iOS 8.4 ou pela nova versão do iTunes que chega ao OS X e Windows na mesma data. Já para quem utiliza o sistema Android, a espera terá de ser um pouco maior, uma vez que ainda não há previsão de lançamento para o aplicativo.

Via: MacMagazine

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.