Apple investirá US$ 507 milhões em dois novos centros de pesquisa na China

Por Redação | 17.03.2017 às 15:05
photo_camera Divulgação

A Apple anunciou nesta sexta-feira (17) planos para criar dois novos centros de pesquisa e desenvolvimento (P&D) na China, nos quais serão investidos no mínimo 3,5 bilhões de yuans (o equivalente a US$ 507 milhões).

De acordo com a Maçã, os novos centros em Xangai e Suzhou irão se juntar aos que já estão em obras em Pequim e Shenzhen. As quatro instalações serão inauguradas ainda neste ano.

A expectativa é que os centros ajudem a Apple a cooperar com parceiros locais e atrair talentos de sua cadeia de suprimentos e das melhores universidades do país. A empresa também destacou seus programas de estágio nas escolas, onde espera "desenvolver a .óxima geração de empreendedores".

A China se tornou um mercado cada vez mais difícil para a Apple, com a queda das vendas do iPhone e problemas com o fechamento de lojas e a censura no país. O mercado de telefonia tornou-se mais difícil em grande parte por causa da onda de marcas locais, que podem oferecer smartphones a preços mais baixos.

Fonte: (Via) Appleinsider