Apple está "trabalhando duro" para suprir demanda do Apple Watch

Por Redação | 28 de Abril de 2015 às 12h23

Durante a conferência de divulgação dos lucros da Apple no segundo trimestre fiscal de 2015, o CEO Tim Cook não compartilhou informações sobre as vendas do Apple Watch, mas questões de alguns analistas o levaram a esclarecer alguns pontos relacionados aos esforços da Apple em suprir a demanda de seu smartwatch.

Segundo Cook, a demanda para o Apple Watch é muito maior que a oferta, mas a empresa está "trabalhando duro para resolver isso". Ele afirmou que a Apple fez um grande progresso na semana passada, quando foi capaz de entregar o Apple Watch a mais clientes do que previsto inicialmente. "Nós vamos continuar a fazer isso", disse Cook, observando que alguns clientes iriam começar a receber informações atualizadas sobre as estimativas de envio a partir desta terça-feira (28).

A Apple normalmente é bem-sucedida em seus esforços de aumentar a oferta de seus produtos, atendendo seus clientes o mais rápido possível. Com isso, a expectativa é que a disponibilidade do Apple Watch seja expandida para outros países no final de junho. "É um produto novo para nós. Como qualquer novo produto, você acaba levando algum tempo para se adaptar totalmente", explicou o executivo.

"Acho que estaremos um uma boa posição em algum momento no final de junho. Isso possibilitará começar a vender o Apple Watch em outros países. Esse é nosso plano atual", disse o CEO. Cook ainda afirmou que era difícil avaliar a demanda sem um produto nas lojas e que a resposta dos clientes foi "extremamente positiva".

O Apple Watch superou as expectativas em relação aos aplicativos. Segundo Cook, quando o iPhone foi lançado, havia 500 aplicativos disponíveis para o smartphone; enquanto o iPad, em seu lançamento, contava com mil. A Apple esperava conseguir inicialmente superar o número conseguido pelo iPad, mas foi surpreendida com 3.500 aplicativos disponíveis para o seu novo produto. "Nós não poderíamos estar mais felizes sobre como as coisas estão acontecendo a partir desse ponto de vista", disse Cook.

O CEO da Apple também observou que a empresa está "aprendendo rapidamente sobre as preferências dos clientes entre diferentes configurações" e que ela está fazendo ajustes para entrar em linha com a demanda do dispositivo.

Via MacRumors

Fonte: http://www.macrumors.com/2015/04/27/apple-watch-supply-demand-balance/

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.