Apple é processada por iPhone fazer chamadas e receber e-mails

Por Redação | 23 de Maio de 2016 às 22h06

Na última sexta-feira (20), uma empresa do Texas chamada Corydoras Technologies abriu um processo contra a Apple por uma série de violações de patente. A questão é que as acusações são tão estranhas que envolvem questões absolutamente normais, como a capacidade de realizar chamadas e enviar/receber e-mails.

No total, foram seis reclamações da Corydoras Technologies em relação à Maçã, todas sobre diversos modelos de iPhone e iPad. Além das acusações sobre chamadas e e-mails, de acordo com a Patently Apple, a empresa alega que 20 modelos específicos de iPhone e iPad infringem várias reivindicações de suas patentes no que diz respeito às câmeras, bloqueio de chamadas, chamadas via FaceTime, entre outros.

Outras acusações interessantes são as de que os dispositivos da Apple são capazes de exibir a sua localização geográfica pelo recurso "Find My iPhone", e que os usuários podem bloquear chamadas indesejadas. Até mesmo a descrição da câmera frontal dos dispositivos virou motivo para o processo.

É bastante comum, infelizmente, que empresas aproveitem os chamados "trolls de patente" para se beneficiar em cima de companhias de renome, mas a Apple não foi a primeira incomodada pela Corydoras Technologies. Segundo informações divulgadas, em março deste ano a Samsung passou por problemas bastante similares com acusações semelhantes.

Fonte: PatentlyApple