Apple e Amazon encerram acordo de exclusividade de audiobooks

Por Redação | 19.01.2017 às 16:10

A Apple e a Amazon entraram em um acordo para acabar com o contrato de exclusividade que tornava a gigante do varejo online a única vendedora de audiobook (livro falado) dentro do iTunes.

O negócio entre as empresas estava em vigor desde 2003, mas chegou ao fim no início deste mês, logo após editores e o Bundeskartellamt , órgão antitruste da Alemanha, demonstrarem preocupação com a possibilidade do acordo aumentar os preços dos produtos e matar a concorrência.

A investigação dos órgãos responsáveis sobre o caso começou no final de 2015, mas parece que tudo será congelado, uma vez que as próprias companhias envolvidas resolveram colocar um ponto final na parceria de exclusividade.

"Com o fim do acordo de exclusividade, a Apple agora terá a oportunidade de comprar audiobooks digitais de outros fornecedores", explicou Andreas Mundt, presidente do órgão antritruste da Alemanha por meio de comunicado. "Isso permitirá uma maior gama de oferta e preços mais baixos para os consumidores."

Apesar da quebra no acordo, a Audible, empresa da Amazon responsável pelo segmento de audiobooks, ainda vai continuar vendendo seus livros falados no iTunes. A Audible tem dominado o mercado de audiolivros há anos, e o negócio com a Apple fazia com que todos os editores que quisessem ter seu conteúdo publicado na loja da Maçã precissassem passar por ela. Agora, todos poderão negociar diretamente com a Apple.

Fonte: Comissão Europeia