Apple decide tornar públicas suas pesquisas em inteligência artificial

Por Redação | 07.12.2016 às 19:13

A Apple decidiu mudar sua posição fechada em relação à inteligência artificial e outras tecnologias desenvolvidas internamente. Russ Salakhutdinov, diretor de pesquisa de inteligência artificial da Apple, anunciou durante a conferência Neural Information Processing Systems, em Barcelona, que a companhia vai permitir que seu time publique artigos e se engaje melhor com a comunidade de inteligência artificial. O objetivo, segundo ele, é atrair e reter talentos da indústria.

Gigantes da internet como Facebook, Microsoft e Google, também têm tornado públicas suas pesquisas em inteligência artificial. Yann LeCun, que lidera a divisão de inteligência artificial do Facebook, disse em entrevista ao site Business Insider, que a publicação de artigos é crucial para pesquisadores.

“Você não pode dizer as pessoas ‘venha trabalhar com a gente, mas você não pode dizer a elas o que você está fazendo’ por que isso basicamente arruinará a carreira delas”, ressaltou. A reportagem dá como exemplo o fato do Facebook ter aberto as tecnologias que usa para reconhecimento de objetos em imagens.

Uma das estratégias, até então, que a Apple tem recorrido para avançar na área de deep learning é a compra de uma série de startups de inteligência artificial. Uma das aquisições mais recentes é a startup Turi, uma compra que custou US$ 200 milhões à companhia.

Fonte: ComputerWorld