Apple dá indícios de que está realmente trabalhando em carros autônomos

Por Redação | 05 de Dezembro de 2016 às 08h49

Pela primeira vez a Apple admitiu ter planos para desenvolver carros autônomos. Em uma carta enviada à National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), autoridade que regula as rodovias dos Estados Unidos, a gigante da tecnologia expõe suas intenções de atuar no setor desenvolvendo uma tecnologia ligada à criação de carros que dirigem sozinhos.

Falando em "futuro dos transportes", a Apple destaca os "significativos benefícios sociais dos veículos automatizados" e que eles são capazes de salvar vidas ao prevenir milhões de colisões e milhares de mortes todos os anos.

A empresa também demonstrou estar preocupada com as dificuldades que pode enfrentar para manter seus projetos em segredo - algo que ela sempre fez muito bem, diga-se de passagem. Agora que está ingressando em um mercado altamente regulamentado, a Maçã pede que a entidade promova uma "competição leal" entre os recém-chegados à indústria automobilística e os fabricantes tradicionais. Para isso, ela sugere que todas as empresas interessadas em fabricar veículos autônomos compartilhem dados entre si a fim de criar sistemas ainda mais eficientes e seguros.

A carta é a mais clara declaração sobre as intenções da Apple para o setor automobilístico que se tem notícia. "Nós estamos encaminhando nossos comentários à NHTSA porque a Apple está investindo pesadamente em aprendizado mecânico e sistemas autônomos", disse Steve Kenner, diretor de integridade de produtos da Apple e autor da carta. "Queremos trabalhar com a NHTSA para ajudar a definir as melhores práticas para o setor".

Embora não fale explicitamente de um carro autônomo, o documento é suficiente para confirmar que o Project Titan é real. No início, o nome era usado internamente para se referir ao carro autônomo da Apple, mas sofreu diversas alterações nos últimos tempos. Informações recentes indicam que a empresa desistiu, ao menos por enquanto, de fabricar seu próprio carro e que agora o foco é desenvolver um software que será embarcado em carros que dirigem sozinhos de outras empresas.

Via Ubergizmo, Pplware

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.