Apple dá indícios de que está realmente trabalhando em carros autônomos

Por Redação | 05 de Dezembro de 2016 às 08h49

Pela primeira vez a Apple admitiu ter planos para desenvolver carros autônomos. Em uma carta enviada à National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), autoridade que regula as rodovias dos Estados Unidos, a gigante da tecnologia expõe suas intenções de atuar no setor desenvolvendo uma tecnologia ligada à criação de carros que dirigem sozinhos.

Falando em "futuro dos transportes", a Apple destaca os "significativos benefícios sociais dos veículos automatizados" e que eles são capazes de salvar vidas ao prevenir milhões de colisões e milhares de mortes todos os anos.

A empresa também demonstrou estar preocupada com as dificuldades que pode enfrentar para manter seus projetos em segredo - algo que ela sempre fez muito bem, diga-se de passagem. Agora que está ingressando em um mercado altamente regulamentado, a Maçã pede que a entidade promova uma "competição leal" entre os recém-chegados à indústria automobilística e os fabricantes tradicionais. Para isso, ela sugere que todas as empresas interessadas em fabricar veículos autônomos compartilhem dados entre si a fim de criar sistemas ainda mais eficientes e seguros.

A carta é a mais clara declaração sobre as intenções da Apple para o setor automobilístico que se tem notícia. "Nós estamos encaminhando nossos comentários à NHTSA porque a Apple está investindo pesadamente em aprendizado mecânico e sistemas autônomos", disse Steve Kenner, diretor de integridade de produtos da Apple e autor da carta. "Queremos trabalhar com a NHTSA para ajudar a definir as melhores práticas para o setor".

Embora não fale explicitamente de um carro autônomo, o documento é suficiente para confirmar que o Project Titan é real. No início, o nome era usado internamente para se referir ao carro autônomo da Apple, mas sofreu diversas alterações nos últimos tempos. Informações recentes indicam que a empresa desistiu, ao menos por enquanto, de fabricar seu próprio carro e que agora o foco é desenvolver um software que será embarcado em carros que dirigem sozinhos de outras empresas.

Via Ubergizmo, Pplware

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.