Apple contrata pesquisadores que expuseram falha no Mac

Por Redação | 04 de Fevereiro de 2016 às 08h16
photo_camera Reprodução/Apple
TUDO SOBRE

Apple

Dois pesquisadores divulgaram em agosto do ano passado uma técnica chamada Thunderstrike 2, que permitia infectar Macs sem a necessidade de acessar a internet. Por meio de um simples link, um worm poderia modificar o firmware do computador, o que significa que mesmo reinstalando o OS o problema ainda persistiria.

Meses depois da descoberta, a Apple demonstrou que estava atenta ao Thunderstrike 2 e resolveu contratar ambos os pesquisadores. De acordo com informações, a contratação foi feita a partir da compra da LegbaCore, empresa que os pesquisadores Xeno Kovah e Trammel Hudson comandavam.

Ao que parece, o acordo foi realizado dois meses depois que os pesquisadores divulgaram a descoberta. Os valores da aquisição não foram revelados, mas é sabido que Kovah e Hudson irão trabalhar na área de segurança de baixo nível da Apple.

Certamente, os pesquisadores deverão solucionar o problema que eles mesmos expuseram por meio do Thunderstrike 2.

Fonte: Engadget

Pechinchas, cupons, coisas grátis? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.