Apple cai para 5º lugar no mercado mundial de computadores pessoais em 2016

Por Redação | 24 de Janeiro de 2017 às 14h59

Não é surpreendente que as vendas de Macs caíram em 2016, primeira vez em que a Apple vivencia uma queda por dois anos consecutivos na venda de seus computadores desde 2001. O que é notável, no entanto, é que as vendas de Macs caíram cerca de 10%, declínio maior do que a média do segmento de computadores pessoais, que teve queda de 5,7% no período.

Segundo a IDC, os quatro principais líderes do mercado viram crescimento nas vendas globais de computadores em 2016, enquanto a Apple amargou o quinto lugar no ranking, com 7,1% de participação de mercado. A Lenovo se mantém na liderança do segmento, com 21,3%, seguida pela HP, Dell e pela ASUS, que passou a ocupar a quarta posição do ranking, com representatividade de 7,4%.

De acordo com os analistas Anand Srinivasan e Wei Mok, da Bloomberg, a Apple vai ter que explorar novos mercados — como o da crescente classe média chinesa — para manter o crescimento na área de produtos de alto custo, incluindo iMacs e MacBooks. As remessas de Macs na China subiram 35% em 2014 e 22% em 2015, para se ter uma ideia do potencial de mercado daquele país.

Embora a companhia não tenha divulgado seus planos para 2017, o CEO Tim Cook garantiu recentemente que os fãs de desktops não têm com o que se preocupar nesse sentido. Após um ano sem lançar uma atualização de hardware para desktop, há indício de que uma renovação na linha da empresa pode estar bastante próxima. "Nós temos uma tonelada de coisas em nosso roteiro que não posso falar, mas estou muito animado", declarou.

Fonte: (Via) 9to5Mac

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.