Apple anuncia queda nas receitas e lucros em novo relatório financeiro

Por Redação | 26 de Outubro de 2016 às 07h10
Tudo sobre

Apple

A Apple anunciou nesta terça-feira (25) os resultados financeiros referentes ao terceiro trimestre fiscal do ano de 2016. Confirmando suspeitas especuladas ainda ontem, a empresa apresentou uma queda em suas receitas, tendo arrecadado US$ 46,9 bilhões. No comparativo ano a ano, o valor representa uma perda de praticamente US$ 5 bilhões: há um ano, a receita registrada foi de US$ 51,5 bilhões.

O lucro líquido da Maçã também apresentou queda. Há um ano, a empresa totalizava US$ 11,1 bilhões nesse indicador; agora, ele é de US$ 9 bilhões. Apesar dessas quedas, a empresa abrandou os ânimos dos investidores e anunciou que ainda tem US$ 237,6 bilhões em caixa, que podem ser usados em situações emergenciais.

A derrocada dos números da empresa é um reflexo direto da baixa nas vendas de seus produtos. O iPhone, por exemplo, registrou 45,5 milhões de unidades vendidas (contra 48 milhões um ano atrás). O iPad também vendeu menos que há um ano: 9,3 milhões de unidades contra 9,9 milhões. Para fechar, 4,9 milhões de Macs foram vendidos no terceiro trimestre deste ano. Um ano atrás, 5,7 milhões de Macs foram vendidos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ao todo, a Apple registrou US$ 215,6 bilhões em vendas, com lucro líquido de US$ 45,7 bilhões. Natural num cenário de vendas em queda, os números são inferiores no comparativo ano a ano: em 2015, as vendas totalizaram US$ 233,7 bilhões e o lucro líquido foi de US$ 53,4 bilhões.

Apesar das baixas, um segmento em específico se sobressaiu: o de serviços. Juntos, App Store, Apple Music, iCloud, iTunes e Apple Pay arrecadaram US$ 6,3 bilhões - 20% a mais em relação ao mesmo período no ano passado. A Apple não detalhou a importância desses serviços em suas finanças, mas especialistas já indicam que eles correspondem a pelo menos 25% das receitas da empresa.

Daqui em diante, a expectativa é que a empresa apresente números melhores no quarto e último trimestre do ano. Normalmente, nesse período constata-se aquecimento nas vendas dos gadgets devido a proximidade com as festas de fim de ano, o que, naturalmente, se traduz em mais receita e lucro líquido.

Fonte: Mac Rumors, PhoneArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.