Após investir US$ 200 mi, IBM Watson abre sede de IoT na Alemanha

Por Redação | 16 de Fevereiro de 2017 às 22h40
photo_camera Divulgação

O IBM Watson Group investiu US$ 200 milhões para abrir um verdadeiro centro especializado de Internet das Coisas (IoT) em Munique, na Alemanha. A companhia afirma que este é o seu maior investimento na Europa em mais de duas décadas.

São mais de 1.000 engenheiros e designers da IBM contratados para trabalhar com clientes e parceiros naquilo que Harriet Green, gerente geral do IBM Watson, chama de "colaboração". O Watson já trabalha com 6 mil clientes no mundo inteiro, segundo a empresa.

"Esse é um grande momento da indústria. Achamos que é um ponto de revolução, porque aqui na IBM temos sempre acreditado que há sempre um único caminho para aproveitar o potencial dessa tecnologia transformadora: estarmos juntos", disse Green no congresso Genius of Things, durante uma coletiva de imprensa.

Como parte da abertura da nova sede, a empresa anunciou várias parcerias e negócios, incluindo um acordo com a Visa para transformar dispositivos conectados e wearables em pontos de venda; abrir a plataforma de IoT do Watson para startups e empreendedores trabalharem com serviços de crowdfunding; firmar parceria com a Bosch para explorar as oportunidades de IoT na indústria.

Além disso, na Alemanha, alguns funcionários da BMW vão aproveitar a novidade para trabalhar nos carros da montadora, instalando a voz do Watson nos veículos para torná-los inteligentes. Fora a companhia de carros, a Avnet (que trabalha com devices diversos) e o BNP Paribas (grupo bancário francês) também estarão juntos com a IBM para impulsionar os negócios.

Via VentureBeat

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.