Amazon vai reabrir aos poucos seus armazéns na França

Por Stephanie Kohn | 19 de Maio de 2020 às 17h42
Amazon
Tudo sobre

Amazon

Saiba tudo sobre Amazon

Ver mais

A Amazon está reabrindo seus seis centros de distribuição na França, de acordo com a CNN. Os locais voltarão a funcionar gradualmente, de acordo com um porta-voz da companhia. Em abril, a gigante do e-commerce fechou seus armazéns devido uma disputa trabalhista com funcionários que alegaram que a empresa não estava fazendo o suficiente para proteger os colaboradores do COVID-19.

Na ocasião, o tribunal estabeleceu que a Amazon só deveria enviar aos compradores itens essenciais. O juíz impôs uma multa de US$ 1,1 milhão por dia caso a companhia descumprisse a ordem. O fórum ainda disse que a Amazon "falhou em reconhecer suas obrigações em relação a segurança e saúde de seus funcionários."

Agora, segundo um comunidado divulgado pelo sindicato local, o acordo que liberou a abertura dos armzéns inclui garantias de saúde, retorno voluntário dos trabalhadores, organização dos horários para ajudar no distanciamento social e aumento de 2 Euros no pagamento por hora até o final de maio.

Apesar da reabertura na França, a Amazon continua lutando em relação às condições de trabalho durante a pandemia. Até o momento, houve sete mortes pelo novo Coronavírus nos armazéns da empresa. No entanto, não há números exatos de quantos trabalhadores foram infectados nos locais de trabalho. A companhia não está sendo transparente sobre a informação pois, segundo disse Dave Clare, vice-presidente sênior de operações mundiais, este não é um dado "particularmente útil".

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.