Siga o @canaltech no instagram

Amazon vai parar de vender Chromecast e Apple TV em seu site

Por Redação | 02 de Outubro de 2015 às 10h21
Tudo sobre

Amazon

Saiba tudo sobre Amazon

Ver mais

Se você pretendia aproveitar aquela viagem de fim de ano ao exterior para comprar um Chromecast ou uma Apple TV, é melhor se preparar para procurar esses produtos em outras lojas, já que a Amazon não vai mais ajudá-lo nessa tarefa. A empresa anunciou que vai retirar esses produtos de seu catálogo ainda neste mês e, como era de se esperar, a decisão deu muito o que falar.

A decisão foi anunciada a partir de um e-mail enviado a alguns de seus vendedores. No texto, a rede varejista afirma que vai deixar de vender esses itens uma vez que eles não interagem bem com o Prime Video, serviço de streaming de conteúdo fornecido pela empresa. Com isso, a partir do próximo dia 29 de outubro, o Chromecast e a Apple TV não estarão mais presentes na loja e que todos os anúncios referentes a eles também serão removidos.

A nova política de proteção pegou todo mundo de surpresa, ainda mais quando muita gente segue na expectativa pelo lançamento da nova geração de cada um desses receptores. Contudo, embora polêmica, a decisão é bastante lógica, uma vez que se trata de uma forma da Amazon proteger seu serviço. Não faz muito sentido ela comercializar algo que vai fazer concorrência ao seu próprio produto — e é exatamente isso que a empresa está fazendo.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Por outro lado, a decisão de remover os itens pouco tempo antes do final do ano deixou muita gente revoltada. Afinal, é com a Black Friday e a aproximação do Natal que as vendas mais se intensificam nos Estados Unidos e a Amazon é um dos principais meios de compra do consumidor norte-americano.

Vale notar também que o Chromecast e a Apple TV foram os únicos dispositivos do gênero a serem banidos da loja. Embora a rede varejista foque seus esforços no Fire TV, ela vai continuar vendendo aparelhos que oferecem função semelhante. É o caso, por exemplo, do Roku e dos consoles Xbox e PlayStation, que não foram afetados porque todos têm suporte ao Prime Video da Amazon.

Como o Bloomberg Business destaca, a nova diretriz vai afetar muito mais o Google que a Apple, que vai continuar vendendo a Apple TV em seu site oficial. Por outro lado, o Chromecast perde o apoio de um de seus principais pontos de revenda. Ao mesmo tempo, há a possibilidade da medida se transformar também em um tiro no pé da própria Amazon, uma que vez que isso pode afastar o consumidor do site e levá-los para os braços da BestBuy, sua principal concorrente. Como explica a analista de mercado da Parks Associates, Barbara Kraus, um dos diferenciais de uma boa rede varejista é oferecer razões para atrair as pessoas e isso inclui oferecer diferentes marcas.

Fonte: Bloomberg Business

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.