Amazon tem cláusula sobre apocalipse zumbi em seus termos de serviço

Por Redação | 12.02.2016 às 08:25

Nesta semana, a Amazon lançou sua ferramenta gratuita e de código aberto para criação de jogos, a Lumberyard. No entanto, um detalhe curioso chamou a atenção dos usuários da game engine: uma cláusula nos termos de serviço que trata sobre um possível apocalipse zumbi.

De acordo com a cláusula 57.10, é totalmente contra as regras usar o Lumberyard para criar sistemas que possam colocar em risco a vida das pessoas ou criar situações de insegurança. O texto diz que isso inclui "sistemas automáticos de transporte, veículos autônomos terrestres ou aéreos ou controle de tráfego, instalações nucleares, espaçonaves tripuladas ou uso militar ligado a combates reais".

No entanto, caso o planeta enfrente uma situação catastrófica, como um apocalipse zumbi, a proibição será revogada e o Lumberyard poderá ser usado indiscriminadamente para ajudar a humanidade a se salvar. A Amazon foi bem específica ao citar o tipo de problema a que se refere em seus termos de uso:

"Essa restrição [de uso] não vai se aplicar no caso da ocorrência de uma infecção viral ampla transmitida através de mordidas ou contato com fluidos corporais que façam com que cadáveres humanos sejam reanimados e busquem consumir carne humana viva, sangue, cérebro ou tecido nervoso, possivelmente causando a queda da civilização organizada".

O que aprendemos com os termos de uso da nova ferramenta da Amazon é que, caso o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos – ou o órgão responsável por uma situação como esta – decrete uma situação parecida com a citada acima, desenvolvedores poderão usar a plataforma de criação de games para ajudar a humanidade. Que alívio, não?

Via IGN