Amazon registra sistema de entrega por túneis subterrâneos

Por Redação | 04 de Janeiro de 2017 às 18h02

Para a Amazon, entregas por correio tradicional logo se tornarão coisa do passado. Depois de experimentar com drones e outros veículos não tripulados, agora a Amazon pensa em novos modelos: para tanto, a companhia registrou um modelo para levar seus produtos aos clientes através de uma rede subterrânea de túneis.

É uma ideia ambiciosa sim, mas a companhia de Jeff Bezos parece ter um plano para isso. Registrada há cerca de três anos, o projeto foi publicado recentemente, com diagramas mostrando como uma rede dedicada de túneis pode ser capaz de levar pacotes ao destino certo de forma autônoma.

O documento de 33 páginas dá especificações de como a rede pode funcionar, com pacotes viajando sobre esteiras, trilhos ou até mesmo tubos de ar.

Segundo a Amazon, o sistema pode ser uma forma mais ágil de conectar os centros de distribuição da Amazon a outros prédios como pontos de coleta dos clientes (Amazon Lockers, por exemplo), aeroportos, lojas e até mesmo clientes.

Conforme Xiaoshan Cai, um dos inventores do projeto a serviço da Amazon, um sistema dedicado pode ser a solução para evitar possíveis problemas de entrega que modelos tradicionais como rodovias e aviões podem ocasionar.

Apesar do projeto estar no papel, a Amazon ainda não anunciou planos oficiais de trazer isso para a realidade. Entretanto, isso mostra que a empresa está pensando em alternativas para agilizar suas entregas no futuro. No mês passado, a companhia já iniciou oficialmente uma operação de entregas via drones no Reino Unido, após conseguir liberação para o experimento junto ao governo local.

Entretanto, a ideia da Amazon se alinha com a de outras empresas que buscam novos modelos de transporte - tanto de mercadorias quanto de passageiros. Um exemplo é a Hyperloop, conceito criado pelo empresário Elon Musk (criadou da Tesla e Space X) que consiste na criação de tubulações capazes de transportar cápsulas suspensas magneticamente a velocidades quase supersônicas.

Fonte: GeekWire

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.