Amazon registra prejuízo mesmo com bom desempenho do AWS no primeiro trimestre

Por Redação | 24.04.2015 às 10:07

O negócio de serviços de computação em nuvem da Amazon, o Amazon Web Services (AWS), agora gera mais de US$ 5 bilhões por ano à empresa - pelo foi isso o que a gigante do comércio eletrônico disse na noite desta quinta-feira (23), quando relatou seus resultados financeiros do primeiro trimestre do ano. O AWS gerou cerca de US$ 1,6 bilhão nos três primeiros meses de 2015, rendendo um lucro de US$ 265 milhões para a empresa. Mesmo com o bom desempenho do serviço, a Amazon, no geral, não conseguiu virar o trimestre no verde.

O CEO da companhia, Jeff Bezos, elogiou o AWS como um exemplo de negócio que a Amazon investiu e se transformou em uma divisão lucrativa. "O Amazon Web Services é um negócio de US$ 5 bilhões e ainda está crescendo rápido - na verdade, está acelerando. Nascido uma década atrás, o AWS é um bom exemplo de como nos aproximamos de ideias. Esforçamos-nos para focar implacavelmente sobre o cliente, inovar rapidamente e impulsionar a excelência operacional. Nós administramos por dois traços aparentemente contraditórios: a impaciência para entregar mais rápido e uma vontade de pensar a longo prazo".

O comentário de Bezos foi interpretado por muitos especialistas como uma respostas às críticas de que a Amazon não consegue fechar um trimestre com lucros - o que acabou acontecendo mais uma vez. A gigante do varejo eletrônico registrou um prejuízo líquido de US$ 57 milhões durante o primeiro trimestre de 2015, comparado a um lucro de US$ 108 milhões durante o mesmo período do ano passado. Apesar disso, as vendas do varejo subiram 15% desde o ano passado para um total de US$ 22,7 bilhões, comparados a US$ 19,74 bilhões no mesmo período do ano passado.

Apesar da perda global, as ações da empresa subiram cerca de 4,8% após os anúncios. Agora, a expectativa da empresa é que o AWS continue puxando os números da empresa para cima e se torne um negócio lucrativo que deve crescer de maneira acentuada nos próximos trimestres.

Via Mashable

Fonte: http://mashable.com/2015/04/23/amazon-q1-earnings-aws/?utm_campaign=Mash-Prod-RSS-Feedburner-All-Partial&utm_cid=Mash-Prod-RSS-Feedburner-All-Partial&utm_medium=feed&utm_source=feedly