Amazon pode estar trabalhando em dispositivo de realidade aumentada

Por Redação | 04 de Dezembro de 2015 às 12h31

A Microsoft não é a única empresa de olho na realidade aumentada. Embora o HoloLens tenha se transformado no principal representante da tecnologia, outras empresas também querem investir nessa novidade e a Amazon pode ser a próxima a apresentar algum tipo de conceito nesse sentido. Algumas patentes recém-descobertas pertencentes à varejista mostram como ela pretende usar isso para reinventar o modo como você interage com a sua sala de estar.

Como pode ser visto nos documentos e registros, a ideia da Amazon é fazer algo um pouco diferente dos óculos apresentados pela Microsoft. A primeira proposta, por exemplo, se trata de um sistema de projetores que projeta imagens em objetos presentes no ambiente. A partir disso, ele se comunica com algumas câmeras e reconhece os movimentos que o usuário faz diante de cada um desses elementos para gerar diferentes ações.

Já a segunda patente mostra um outro tipo de projetor. Batizado de Reflector-based Depth Mapping (algo como Mapeamento de Profundidade Baseado em Refletores), o sistema também usaria um projetor para mapear a sala e criar alguns hologramas, incluindo de pessoas na área. Ao que tudo indica, a proposta é fazer com que esses dois conceitos se relacionem em um único produto para criar a maior imersão possível.

Amazon RA

Como o site Engadget aponta, toda essa tecnologia não chega a ser completamente inédita e parece bastante com aquilo que a própria Microsoft já havia apresentado anteriormente com o RoomAlive — o qual havia chamado a atenção de todo mundo quando foi anunciado sob o nome de IllumiRoom, sobretudo com a interação entre câmeras e projetores. Assim como nas patentes da Amazon, o projeto original usava o Kinect para permitir que os usuários interagissem com objetos virtuais, incluindo cenas de jogos exibidas na parede de sua casa.

Então, o que faz com que o projeto da Amazon seja diferente? A princípio, a grande especificidade está no uso de um único projetor para fazer o mapeamento da sala, o que simplificaria a calibragem de todo o sistema e faria com que seu funcionamento fosse simplificado. No entanto, até o momento, essa é apenas uma ideia que não saiu do papel. Ainda assim, vale a pena ficar de olho à espera de novidades, principalmente pelo fato de que a patente é originada da divisão de hardware da companhia, a Lab126, que já nos apresentou o Echo Speaker para controlar os sistemas da empresa por comandos de voz e o Fire Phone, a tentativa da Amazon de ter seu próprio smartphone.

Via: Engadget, United States Patent and Trademark Office

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.