Amazon abre o código de seu software de deep learning

Por Redação | 12.05.2016 às 11:03

A Amazon fez recentemente sua entrada no mundo do open source com a liberação de seu software de deep learning DSSTNE (pronuncia-se "Destiny"). A companhia de e-commerce lançou a biblioteca sem alarde no GitHub sob a licença Apache.

Para quem não sabe, o deep learning é um processo que faz máquinas treinarem sua redes neurais com um grande volume de dados para então fazer interferências sobre novos dados. Várias companhias de tecnologia já estão trabalhando com este tipo de sistema e já existem algumas opções do gênero disponíveis no mercado.

Segundo informa a Amazon em sua página de perguntas frequentes, a empresa está "lançando o DSSTNE como um software open source para que a promessa de deep learning possa ser estendida além do entendimento de fala e idioma, bem como ser utilizada em outras áreas, como pesquisa e recomendações". "Nós esperamos que os pesquisadores ao redor do mundo possam colaborar para melhorar o programa. Mas, mais importante, esperamos que o programa seja o ponto inicial de inovações em muitas áreas", complementa o texto.

Em seu formato atual, o DSSTNE não oferece suporte a cargas de trabalho convolucionais para reconhecimento de imagem. O suporte a redes neurais também é limitado. Porém, o software pode ser treinado utilizando-se de múltiplas unidades de processamento gráfico de uma só vez e já mostra vantagens de performance até mesmo sobre o TensorFlow, do Google.

A Amazon afirma que o DSSTNE tem velocidade 2,1 vezes maior do que o TensorFlow em uma instância g2.8xlarge na nuvem da Amazon Web Services. Com um volume ameno de dados, o DSSTNE tem desempenho comparável ao de seus rivais, informa a empresa. Além disso, a tecnologia de deep learning da Amazon é baseada em C++ e também tem suas vantagens quando o assunto é a facilidade de uso.

Via: Venture Beat