Amazon compra serviço de chat de voz para games

Por Redação | 16 de Agosto de 2016 às 20h26

A Amazon deu mais um passo em sua estratégia de investimentos focados no mundo dos games e anunciou nesta segunda-feira (16) a compra da Curse Inc. A empresa é a responsável por uma plataforma usada, principalmente, por jogadores de e-sports, para comunicação por voz durante partidas de games como “League of Legends”, “Counter-Strike: Global Offensive” e outros.

Não coincidentemente, a lista de títulos mais jogados pelos usuários do software, que para ser preciso, se chama Curse Voice, é bastante semelhante à de títulos mais transmitidos por meio do Twitch, serviço de streaming que também é de propriedade da Amazon e por meio do qual a compra aconteceu. Só por isso, já fica claro o foco em tecnologias voltadas para o mercado de jogos e a visão de Jeff Bezos de que esse pode ser um grande alavancador de crescimento, influência e, acima de tudo, dividendos.

Os detalhes do negócio não foram revelados, mas uma integração entre o Twitch e os serviços da Curse já é dada como certa. Ela, inclusive, foi citada pelo CEO do serviço de streaming, Emmett Shear, que ao comentar sobre a aquisição, afirmou que a parceria entre os dois serviços ainda está em seus primeiros dias, e que todos trabalharão juntos para melhorarem a experiência dos jogadores.

Apesar de o Voice ser o principal serviço da Curse, ele não é o único. A empresa também possui clientes voltados para edição de vídeos, produção de conteúdo, organização de biblioteca de games e gerenciamento de títulos instalados, atualizações e modificações. Pensando assim, fica mais fácil entender para onde Bezos e a Amazon podem estar indo, trazendo novas funcionalidades e integração para o que já é uma das plataformas de jogos mais utilizadas do mundo.

Além do Twitch e, agora, do Curse, a Amazon também é dona da desenvolvedora Double Helix Games. A empresa foi a responsável pelo desenvolvimento de Killer Instinct, inicialmente um exclusivo do Xbox One, e também trabalhou em títulos como Strider e Silent Hill: Homecoming. Novos games pelas mãos da companhia, entretanto, não foram anunciados desde a aquisição.

Fonte: Amazon (via StreetInsider)

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.