Alphabet começa a enfrentar problemas relacionados a entregas por drones

Por Redação | 07 de Dezembro de 2016 às 00h06

A Alphabet tem planos ambiciosos para conquistar um mercado no qual os consumidores simplesmente pedem qualquer tipo de encomenda e ela chega até eles — via drones. O serviço de entrega por meio destes pequenos veículos voadores já tem promessa de chegar em 2017.

Em setembro, a Alphabet conseguiu entregar o primeiro burrito, da rede de fast food Chipotle, a um aluno do Virginia Tech. Depois, a empresa começou a realizar testes com a Starbucks e várias outras companhias parceiras, como Whole Foods Market e Domino's Pizza. A Starbucks cancelou a parceria logo de início, citando problemas quanto ao acesso de dados de consumidores.

Um novo relatório do Wall Street Journal mostra que a divisão X da Alphabet pode enfrentar um trecho turbulento de sua trajetória nos próximos meses. De acordo com um ex-funcionário da X, o que estaria atrapalhando o lançamento mundial seria a própria tecnologia. O objetivo da empresa seria completar 1.000 voos sem qualquer incidente, mas segundo ele, ela mal vai conseguir passar dos 300.

No meio de tanto problema enfrentado pelos objetinhos voadores, estão grandes entraves como falhas de energia, várias batidas, perda de trajetos e até mesmo árvores, nas quais os drones acabam se enroscando no meio do caminho.

Como toda tecnologia nova que se preze, problemas fazem parte do planejamento. O que traz uma encrenca maior seria exatamente algo pontuado pelo ex-funcionário: a Alphabet é uma empresa de software — não de hardware.

Aguardemos cenas dos próximos capítulos.

Via The Next Web, Bloomberg, The Wall Street Journal

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.