Alibaba anuncia chip de IA que faz tarefas de uma hora em cinco minutos

Por Claudio Yuge | 26 de Setembro de 2019 às 14h04
Nkkei Asian Review
Tudo sobre

Alibaba

Saiba tudo sobre Alibaba

Ver mais

O grupo Alibaba apresentou nesta quarta-feira (25) seu primeiro chip dedicado à aceleração da inteligência artificial (IA). Chamado de Hanguan 800, o processador, segundo a gigante, pode cortar o tempo de tarefas que atualmente levam uma hora para apenas cinco minutos. É um produto para alimentar o crescente mercado de computação em nuvem e e-commerce na China.

A companhia afirma que a novidade já vem sendo utilizada internamente, nas operações de negócios, principalmente com pesquisa de produtos, tradução automática em sites de comércio eletrônico, recomendações personalizadas, publicidade e "serviços inteligentes ao cliente".

(Imagem: Divulgação/Alibaba)

"Em um futuro próximo, planejamos capacitar nossos clientes, fornecendo acesso por meio de nossos negócios de computação em nuvem avançada por meio do chip, a qualquer hora e em qualquer lugar", disse Jeff Zhang, diretor de tecnologia da Alibaba, em comunicado à imprensa.

Chip acelera também a produção de semicondutores no país

A China já vem se precavendo com um possível corte mais incisivo de laços comerciais com os Estados Unidos, e a fabricação do Hanguan 800 vem também para fortalecer um setor no qual o país ainda é muito ligado aos ianques: o de semicondutores — e vale lembrar que a Huawei também vem fortalecendo essa frente, depois de lançar seu próprio processador para data centers, o Ascend 910.

Embora a Alibaba não tenha revelado quando o chip estará disponível, ele pode ajudar as empresas locais a reduzir sua dependência da tecnologia externa. Isso também pode ajudar a Alibaba Cloud a crescer em mercados fora da China. Mesmo sendo líder em seu país, o serviço fica atrás da Amazon, Microsoft e Google na região Ásia-Pacífico.

O componente foi criado pela T-Head, que desenvolveu o hardware e os algoritmos com foco em negócios, incluindo suporte aos aplicativos de varejo e logística da Alibaba. Ainda não há data oficial de início de distribuição.

Fonte: Tech Crunch, CNBC, Yahoo! News Singapore  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.