Ações da Apple atingem maior valor da história na expectativa por novos iPads

Por Redação | 21 de Março de 2017 às 08h22

As ações da Apple fecharam o pregão desta segunda-feira (20) sendo comercializadas a US$ 140, o maior valor da história da companhia na Bolsa de Valores. A alta levou muitos analistas de mercado a se perguntarem o que Wall Street sabe para vender os papéis a esse preço. Seria um novo iPad vindo aí?

A especulação em torno do lançamento de um novo iPad ganhou força depois que a Apple tirou do ar o site de sua loja norte-americana e, no lugar dos produtos, passou a exibir a famosa mensagem "Temos algo especial na loja para você". A mensagem está programada para sair do ar às 9h30 (horário de Brasília) desta terça-feira (21), quando normalmente a empresa publica comunicados à imprensa.

Se os mais recentes rumores estiverem certos, então nas próximas horas veremos pelo menos dois novos iPads Pro, um de 9,7 polegadas e outro de 12,9 polegadas, sendo lançados ao lado de um iPhone SE turbinado. A chegada dos produtos acontecerá da maneira mais discreta possível, sem nenhum evento ou alarde, e com apenas um aviso à imprensa.

Também há quem aposte que a alta de ontem das ações da Maçã ocorreu depois de o analista Gene Munster aparecer em rede nacional nos Estados Unidos prevendo que a companhia fará algo incrível com realidade aumentada no iPhone 8, promovendo uma verdadeira "mudança de paradigma".

Anteriormente, a Bloomberg já havia reportado que Cupertino tem pelo menos uma centena de pessoas trabalhando para que a tecnologia seja incluída no próximo smartphone -- o que acaba batendo com as declarações de Munster.

Agora só nos resta esperar para ver se as expectativas de Wall Street serão atendidas hoje e se os novos iPads e/ou o novo iPhone SE turbinado serão capazes de manter as ações nas alturas ou se elas voltarão ao normal ainda esta semana.

Fonte: CNBC, Bloomberg, PhoneArena

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.