A partir de 2017, todos os PCs com Windows 10 terão suporte ao HoloLens

Por Redação | 17 de Agosto de 2016 às 11h52
photo_camera Divulgação

Com o objetivo de popularizar as tecnologias de realidade aumentada e virtual, a Microsoft anunciou nesta terça-feira (16) uma parceria inédita com a Intel que levará suporte para ambas as novidades ao PC. O objetivo é que elas sejam mais acessíveis e, por isso, todos os computadores com Windows 10 lançados a partir de 2017 serão compatíveis de fábrica com o headset de aplicações mistas HoloLens.

Durante a conferência anual da Intel para desenvolvedores, Terry Myerson, diretor da divisão Windows, destacou que isso só será possível porque o Windows 10 é o mesmo software presente nos óculos da companhia. O executivo também disse que, para que o computador consiga se comunicar com o HoloLens, todas as ferramentas de realidade aumentada e virtual serão habilitadas em um novo update para o sistema operacional e também por meio da plataforma universal de apps do Windows.

Diferentemente de outras companhias, que investem ou na realidade virtual ou na aumentada, a Microsoft planeja criar uma nova modalidade, chamada de "realidade mista". A própria Intel destacou o termo no keynote de abertura ontem, quando o CEO Brian Krzanich apresentou o Project Alloy, um dispositivo próprio da empresa que funciona sem fios e sem a necessidade de um PC ou smartphone por perto. "O Alloy nos dá a oportunidade de fundir o mundo físico e o virtual", disse.

Windows Holographic

Para mostrar como deseja tornar esse conceito em realidade, a Microsoft exibiu uma nova demonstração do Windows Holographic, a plataforma que será usada como base, junto do Windows 10, para o desenvolvimento de aplicações voltadas para o HoloLens.

Segundo a entidade, o sistema é um projeto conjunto entre ela e a Intel. A ideia é que o usuário não interaja apenas com objetos 3D, mas também com os 2D. No vídeo, é possível ver janelas 2D flutuantes em meio ao cenário de terceira dimensão - ambos rodando simultaneamente. A mulher pode usar essas janelas para navegar pelo Edge, marcar lembretes no calendário e fazer um tour virtual por várias partes do mundo. Tem até um cachorro virtual para fazer companhia.

Pelo o que o vídeo dá a entender, é provável que a Microsoft ofereça cenários pré-determinados, mas também ofereça uma ferramenta para que o próprio usuário crie novos ambientes. Além disso, a plataforma contará com recursos de criação de apps para vários aparelhos de realidade virtual e aumentada, tanto aqueles para o público consumidor quanto para empresas.

O Windows Holographic será lançado em 2017 e chegará em uma futura atualização para o Windows 10.

Fontes: The Verge, The Next Web