A construção do transporte coletivo mais futurístico do mundo está chegando

Por Redação | 09.05.2016 às 22:05

Quando se trata de investimentos inovadores e ousadia, Elon Musk é, sem dúvida, destaque. Sua aposta em revolucionar os transportes públicos está perto de se tornar realidade, e o que a companhia Hyperloop Transportation Technologies (HTT) está preparando promete ser um projeto ambicioso e digno de filmes de ficção científica.

Nesta segunda-feira (9), a HTT anunciou a construção de um sistema de transporte coletivo capaz de viajar em altíssima velocidade com custos bastante reduzidos. A divulgação veio por meio de um vídeo que mostra como o protótipo funcionará através da tecnologia de levitação magnética. De acordo com as informações apresentadas, os passageiros embarcarão em cápsulas capazes de se mover a até 1.200 km/h, o que significa que uma viagem de aproximadamente 600 quilômetros poderá ser feita em apenas 30 minutos.

Bibop Gresta, diretor de operações da Hyperloop Transportation, afirmou em comunicado que "utilizar um sistema de levitação passiva irá eliminar a necessidade de estações de energia ao longo dos trilhos do Hyperloop, o que torna este sistema o mais adequado para a aplicação, mantendo os custos de construção mais baixos".

Sobre a estrutura necessária para garantir a segurança dos passageiros, o executivo afirmou que: "Em questões sobre segurança, o sistema tem vantagens enormes, pois a levitação ocorre exclusivamente através do movimento, portanto, se qualquer tipo de falha de energia ocorrer, as cápsulas do Hyperloop continuarão a levitar, e só tocarão os trilhos depois de atingir velocidades mínimas".

Apesar de aparentemente a tecnologia ser revolucionária, a HTT tem uma forte concorrente, a Hyperloop Technologies Inc (HTI), que está desenvolvendo a sua própria versão do projeto. Sobre o apoio a uma das duas companhias, Musk disse estar muito ocupado com a SpaceX e a Tesla para pensar em comercializar o conceito Hyperloop, mas que é possível que ele apoie uma das equipes. Para isso, Musk afirma que, junto com seus colaboradores, está tentando não favorecer uma companhia em detrimento da outra, na busca de tentar ser o mais neutro possível.

Enquanto a HTI promete a construção de uma pista de mais de 3 km até o final do ano, a HTT pretende entregar o primeiro Hyperloop em 2018. Quem vencerá essa briga?

Fonte: GeekWire