Xiaomi passa Samsung no mercado chinês

Por Redação | 05 de Agosto de 2014 às 06h05

A fabricante chinesa de smartphones Xiaomi tornou-se líder de vendas de celulares na China no segundo trimestre de 2014, passando o total de vendas da Samsung pela primeira vez. Os dados foram publicados pela empresa de pesquisa de mercado Canalys.

A Xiaomi conquistou 14% do mercado de smartphones na China no segundo trimestre, sendo seguida de perto por Samgung, Lenovo e Yulong que representaram 12% do mercado cada uma. A liderança mostra um grande salto se comparada com o primeiro semestre do ano, quando a Xiaomi teve uma quota de 10,7% do mercado chinês. No trimestre anterior, Samsung representava 18,3% do mercado e Lenovo 11%. Se comparado com um ano atrás, a conquista da Xiaomi é ainda mais representativa: naquele período a empresa possuía apenas 5% da quota.

A analista da Canalys Xangai, Jingwen Wang, afirmou em uma entrevista ao The Wall Street Journal que um dos fatores que ajudaram na popularidade dos dispositivos Xiaomi é a linha Redmi, que inclui o Redmi, Redmi 1S e Redmi Note, impulsionando as vendas no segundo trimestre. Segundo ela, o alto padrão dos produtos, unido com um preço competitivo, fizeram a diferença.

Tanto a linha Mi - carro-chefe da empresa - quanto os produtos da série Redmi possuem chipset de alto nível, com monitores e câmeras modernos e preços competitivos no mercado. Os dispositivos da Xiaomi são vendidos na casa dos US$ 100 no mercado chinês, enquanto smartphones da Samsung como o Galaxy custam em média US$ 500.

Fatores que influenciaram a alta da parcela de mercado destinada à Xiaomi estão os esforços na parte de marketing, o site de e-commerce próprio e o desenvolvimento do software próprio chamado MIUI, uma interface da própria empresa para seus smartphones.

A Xiaomi se caracteriza por vender seus telefones por um preço perto do custo de produção e lucrar mais por meio dos serviços, como as aplicações móveis. A empresa é de propriedade de Lei Jun, e também executivos e investidores externos. A companhia já foi acusada de copiar o estilo de concorrentes como Apple e Samsung.

Fonte: http://blogs.wsj.com/digits/2014/08/04/xiaomi-overtakes-samsung-in-china-smartphone-market/

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.