WWDC 2014: Apple aposta na Siri com melhorias para futuro próximo

Por Redação | 02.06.2014 às 18:32 - atualizado em 04.06.2014 às 02:16
photo_camera Lackuna

Quando a assistente digital Siri foi introduzida pela Apple há três anos, como sistema de reconhecimento vocal integrado ao iPhone 4S, foi uma grande novidade, não somente na empresa como em todo o mercado. Hoje, a Siri não ganha esse destaque todo na Worldwide Developers Conference (WWDC), evento da companhia destinado para desenvolvedores, mas, mesmo assim, segue prestigiada.

A razão desse prestígio todo é que todo mundo, especialmente a Apple, sabe que num futuro próximo as pessoas usarão cada vez menos as mãos e mais os comandos vocais para realizar funções básicas de seus dispositivos digitais. Aliados a isso estão os avanços na abrangência, precisão e velocidade do reconhecimento sonoro.

Foram apresentadas algumas grandes melhorias na Siri, nesta segunda-feira (02), durante o WWDC. A primeira delas é com relação ao reconhecimento aliado ao streaming. O usuário pode visualizar como suas palavras estão sendo registradas no dispositivo e até mesmo somente liberar a conversação após um toque, o chamado "tap to talk".

A segunda viria com a integração com o aplicativo Shazam, capaz de reconhecer músicas e séries de TV apenas "ouvindo" os sons. Inicialmente, seria só um jeito mais simples de pedir esse reconhecimento, "falando" com o aparelho, algo como "Que música está tocando?". Porém, muitos veem no Shazam algo que pode se tornar mais amplo dentro da Apple, então é possível que haja outras funcionalidades a ele atreladas muito em breve.

Além das duas, a Apple também comunicou a ampliação do número de línguas reconhecidas pela Siri, que agora são 22 no total (o português ainda não foi anunciado). E também já adiantou planos para integrá-lo ao reconhecimento digital de segurança TouchID e funcionalidades ligadas a novos dispositivos, a exemplo de relógios inteligentes, carros autônomos, entre outros.

A Siri também deve ganhar aplicativos para interagir com podcasts e pode ganhar mais complexidade com o suporte da Novauris Technologies, pequena empresa de reconhecimento vocal sediada no Reino Unido.

Ao que parece, mesmo "na surdina", a Apple segue apostando alto na Siri e já mirando em um mercado ainda mais amplo, abrangendo outros dispositivos.

Fonte: http://techcrunch.com/2014/06/02/siri-grows-up-with-shazam-streaming-recognition-and-22-languages/?ncid=rss&utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+techcrunch%2Fapple+%28TechCrunch+%C2%BB+apple%29