Vídeo mostra como deverá ficar nova sede da Apple em formato de espaçonave

Por Redação | 20.06.2014 às 09:57
photo_camera Divulgação

A Apple promete surpresas para o segundo semestre com a chegada do novo iPhone e do comentado relógio inteligente iWatch. No entanto, além do lançamento dos aparelhos e de outros possíveis dispositivos, a companhia deu início à construção do Apple Campus 2, em Cupertino, na Califórnia, onde serão concetradas as principais operações da empresa.

Agora, a Technology Integration Services (TIS), especializada em soluções e designs de projetos em 3D, divulgou um vídeo que mostra como deverá ficar o futuro quartel general da Maçã, apelidado de "espaçonave" por conta de seu formato circular. O local ainda está na primeira fase de construção e só deve ser finalizado em 2016, quando terá início a Fase 2, que vai construir outros edifícios destinados para pesquisas e desenvolvimentos internos, além de um estacionamento adicional.

De acordo com o site MacRumors, o vídeo foi criado com base em planos e imagens divulgados ao público nos últimos meses. O clipe mostra os vários andares do prédio circular, rodeado por vegetação, como também outros edifícios e áreas gigantescas para estacionamento de veículos. Há ainda trilhas para caminhadas ao redor de toda a propriedade, bem como um palco e uma enorme fonte ao centro do campus onde os funcionários poderão se reunir para lanchar e participar de palestras.

Assista ao vídeo:

Espaçonave

O Apple Campus 2 é um dos últimos projetos de Steve Jobs, que ele mesmo apelidou de "nave espacial" por conta de seu formato circular e futurista. O prédio não é apenas um dos projetos mais ambiciosos da história, mas também um dos mais caros. O complexo está avaliado em R$ 11,6 bilhões, três vezes mais que o Burj Kalifa, atualmente o prédio mais alto do mundo, localizado em Dubai, e mais caro que todos os estádios da Copa do Mundo 2014 somados, que custaram R$ 8 bilhões.

Quase toda a parte externa do Campus 2 (80%) será coberta por vários tipos de vegetação, totalizando 7.000 árvores entre carvalho, oliveiras e pés de ameixas, cerejas, caquis, maçãs, damascos e outras árvores frutíferas. Haverá ainda uma área onde serão plantadas ervas que poderão ser colhidas para fazer chás e cerca de 80% do lixo recolhido no local será reciclado.

Já na parte interna, a nave terá quatro andares, capacidade para até 14 mil pessoas e refeitório com 2.750 lugares – incluindo uma área externa com 1.750 bancos para aqueles que preferem fazer refeições ao ar livre. Do lado de fora, os funcionários terão acesso a um estacionamento com 10.500 vagas, mas a empresa espera que pelo menos 4.000 empregados se locomovam a pé, de bicicleta ou transporte público.

Veja na galeria abaixo fotos da maquete do projeto do Apple Campus 2: