Vendas mundiais de servidores cresceram 4% no segundo trimestre de 2013

Por Redação | 30 de Agosto de 2013 às 11h00

No segundo trimestre de 2013, as vendas mundiais de servidores aumentaram 4% em relação ao mesmo período de 2012. Por outro lado, a consultoria Gartner aponta que o faturamento do mercado teve uma queda de 3,8%. O destaque fica por conta da região Ásia/Pacífico, com um crescimento de 10% e 21,7% na relação anual em termos de receitas e vendas, respectivamente.

O Canadá foi a única região que cresceu em receita e unidades vendidas (6,3% nas receitas e 2,7% nas unidades), enquanto a América Latina aumentou apenas 1% em termos de vendas. Os Estados Unidos também cresceu em termos de vendas, 1,9% na relação anual, mas caiu em termos de receita, 5,1%. "Em geral, o mercado mundial de servidores permanece em um estado relativamente fraco", disse Jeffrey Hewitt, vice-presidente de pesquisas do Gartner, por meio de comunicado.

Os servidores x86 conseguiram produzir um aumento de 4,5% em unidades vendidas no segundo trimestre, e 2,1% em receitas. Servidores Unix RISC/Itanium apresentaram queda de 27,4% em unidades e 25,3% na receita em relação ao mesmo trimestre de 2012.

Com base na receita do segundo trimestre de 2013, a IBM detém a liderança do mercado mundial de servidores. A empresa registrou uma receita mundial proveniente de servidores de US$ 3,2 bilhões no período. O segundo lugar ficou com a HP, com receita de US$ 3,1 bilhões; seguida pela Dell, com US$ 2,2 bilhões; Oracle, com US$ 717 milhões; e Cisco, com US$ 539 milhões.

Já em termos de vendas de servidores, a HP manteve a liderança mundial no segundo trimestre de 2013, apesar de um declínio de 13,6% em relação ao mesmo trimestre do ano passado. A participação da HP na expedição mundial de servidores foi de 23,9%, seguida pela Dell (22,4%), IBM (8,5%), Cisco (3,2%) e Inspur Electronics (2,7%).

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.