Vendas da iTunes Store caíram 13% neste ano

Por Redação | 24.10.2014 às 17:08

O Wall Street Journal informou nesta sexta-feira (24), citando fontes familiarizadas com o assunto, que as vendas da iTunes Store da Apple caíram, até agora, entre 13 e 14% neste ano. Pelo que parece, a tendência de crescimento no consumo de músicas não está aquecida conforme o esperado.

Este número é muito pior que o do ano passado, quando a receita global de downloads caiu 2,1%. O jornal também reafirma o rumor de que a Apple estaria interessada em realizar uma grande mudança em relação à marca Beats Music, serviço que a empresa adquiriu por 3 bilhões de dólares no início deste ano. A empresa americana iria remontar o serviço para alinhar a marca aos seus interesses. De acordo com o WSJ, a Apple vai reconstruir o serviço e relançar o Beats Music no próximo ano, integrado ao iTunes.

Beats Music

O relatório aparece em um momento em que a Apple supostamente pretende diminuir o preço de seu serviço por assinatura, para US$ 5 por mês. Atualmente, o serviço Beats Music custa US$ 9,99 no pagamento mensal ou US$ 99,99 se o usuário optar por pagar anualmente. A aquisição do Beats Music representa a entrada da Apple no mercado de streaming de música, onde serviços como Deezer e Spotify estão bem estruturados.

A inscrição no Beats Music permite ao usuário ouvir faixas e álbuns via streaming sob demanda. Este tipo de serviço tem se tornado importante na indústria da música, visto que as vendas de álbuns estão diminuindo a cada ano. A questão é que a Apple terá que conseguir boas soluções para evitar quedas ainda maiores nas vendas da iTunes Store.

Fonte: http://appleinsider.com/articles/14/10/24/itunes-sales-down-13-this-year-as-apple-plans-to-rebuild-rebrand-beats-music-subscription-service