Vendas da iTunes Store caíram 13% neste ano

Por Redação | 24 de Outubro de 2014 às 17h08

O Wall Street Journal informou nesta sexta-feira (24), citando fontes familiarizadas com o assunto, que as vendas da iTunes Store da Apple caíram, até agora, entre 13 e 14% neste ano. Pelo que parece, a tendência de crescimento no consumo de músicas não está aquecida conforme o esperado.

Este número é muito pior que o do ano passado, quando a receita global de downloads caiu 2,1%. O jornal também reafirma o rumor de que a Apple estaria interessada em realizar uma grande mudança em relação à marca Beats Music, serviço que a empresa adquiriu por 3 bilhões de dólares no início deste ano. A empresa americana iria remontar o serviço para alinhar a marca aos seus interesses. De acordo com o WSJ, a Apple vai reconstruir o serviço e relançar o Beats Music no próximo ano, integrado ao iTunes.

Beats Music

O relatório aparece em um momento em que a Apple supostamente pretende diminuir o preço de seu serviço por assinatura, para US$ 5 por mês. Atualmente, o serviço Beats Music custa US$ 9,99 no pagamento mensal ou US$ 99,99 se o usuário optar por pagar anualmente. A aquisição do Beats Music representa a entrada da Apple no mercado de streaming de música, onde serviços como Deezer e Spotify estão bem estruturados.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A inscrição no Beats Music permite ao usuário ouvir faixas e álbuns via streaming sob demanda. Este tipo de serviço tem se tornado importante na indústria da música, visto que as vendas de álbuns estão diminuindo a cada ano. A questão é que a Apple terá que conseguir boas soluções para evitar quedas ainda maiores nas vendas da iTunes Store.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.