Venda de notebooks tem alta após sete trimestres em queda

Por Redação | 25 de Agosto de 2014 às 11h13

Após um período de grande retração nas vendas nos últimos anos, o mercado de notebooks passou por um discreto crescimento no segundo trimestre deste ano. Os dados são de uma pesquisa realizada pela NPD DisplaySearch e foi divulgada na última quinta-feira (21).

O mercado vinha sofrendo há sete trimestres consecutivos com o declínio nas vendas, mas entre abril e junho deste ano, segundo o levantamento, foram embarcados 45,2 milhões de notebooks. O número representa 1% a mais que no mesmo período do ano passado. O setor passou por um declínio de 20% em 2013, mas as cinco principais marcas de notebooks cresceram. Entre elas o crescimento foi de 16% no segundo trimestre em relação a igual período do ano passado.

Com o aumento das vendas na Europa, China e América Latina, a fabricante Lenovo conquistou a liderança do segmento, passando a HP e alcançando uma participação de 18% no total de embarques. A Asus também melhorou sua participação no mercado aparecendo em terceiro, no lugar da Dell. As vendas da empresa foram impulsionadas pelo aumento da demanda para Europa, China e Ásia.

vendas notebooks

O mercado de tablets, no entanto, continua em queda, seguindo a tendência já identificada no trimestre anterior. O recuo de 12% sobre o mesmo período do ano passado foi registrado entre os embarques das cinco principais marcas.

Segundo Hisakazu Torii, vice-presidente de pesquisas de aplicações inteligentes da NPD DisplaySearch, a América do Norte e Europa Ocidental têm registrado melhoras e crescimento positivo de até dois dígitos. Para ele, este movimento acontece devido ao ciclo de substituição por parte dos consumidores e pela migração do Windows XP após o anúncio da Microsoft de que deixará de oferecer suporte para o sistema operacional.

O lançamento de Chromebooks (notebooks do Google com sistema operacional Chrome OS) também beneficiou o mercado, assim como o lançamento de outros notebooks de baixo preço, afirmou Torii.

Analistas afirmam que, mesmo com os números positivos do último trimestre, ainda não é possível saber se a recuperação das vendas é consistente e se será duradoura.

Fonte: http://convergecom.com.br/tiinside/21/08/2014/vendas-de-notebooks-se-recuperaram-apos-sete-trimestres-consecutivos-de-queda/#.U_srF8WwIXl

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.