Venda de PCs é um fracasso; consumidores querem tablets e smartphones

Por Redação | 11 de Janeiro de 2013 às 11h30

A tentativa da Microsoft em alavancar a venda de computadores pessoais falhou pela primeira vez em cinco anos. Mesmo com o lançamento do novo sistema operacional, o Windows 8, os consumidores preferiram gastar seu dinheiro com tablets e smartphones nesta temporada. As informações são da Reuters.

Mas não é só a Microsoft que está vendo o barco afundar. Fabricantes como Dell e Lenovo estão tendo um declínio anual de vendas por mais de uma década e sem sinais otimistas para um futuro breve.

Quando o assunto é Windows 8 — o sistema operacional com as mudanças mais radicais da Microsoft nos últimos 20 anos — as opiniões dos especialistas divergem: alguns acreditam que o software já chegou em seu número máximo de instalações, enquanto outros acreditam que é apenas questão de tempo para que os usuários estejam familiarizados e aceitem o sistema.

Os fabricantes de computadores domésticos venderam 89,8 milhões de unidades pelo mundo no quarto trimestre de 2012, o que representa uma queda de 6,4% em relação ao período em 2011. Este número foi ligeiramente pior do que a expectativa das marcas e representou o pior desempenho em aproximadamente cinco anos.

Em todo o ano de 2012, 352 milhões de PCs foram vendidos, uma queda de 3,2%, quando comparado a 2011. Este foi o primeiro ano com queda de vendas desde 2001 — quando o mercado norte-americano ficou afetado pelos atentados de 11 de setembro.

Contudo, o IDC (International Data Corporation) prevê um aumento de 2,8% nas vendas de computadores em 2013, já que os consumidores estão há um longo período sem substituir suas máquinas por outras mais potentes.

Desânimo na CES

Mesmo com o Surface, cuja intenção é competir com o iPad, a Microsoft ainda não conquistou a simpatia dos consumidores no mercado de tablets. Alguns especialistas acreditam que usar o Windows 8 é quase um choque para quem estava acostumado com os velhos sistemas da empresa — correndo o risco de ser um fiasco como o Vista. O Vista, lançado em 2007, foi o sistema operacional menos popular da empresa.

Além disso, a concorrência pela atenção dos consumidores na CES também estava acirrada, já que ASUSTeK, a LG Electronics e a Samsung resolveram exibir seus computadores com telas gigantes, laptops ultraleves e novos tablets — todos habilitados para o Windows 8.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.