Veja como deve ficar a loja oficial da Apple em São Paulo

Por Redação | 13 de Outubro de 2014 às 14h46
photo_camera Divulgação

Daqui a alguns meses o Brasil ganhará uma segunda loja física da Apple. Depois do Rio do Janeiro, a cidade de São Paulo terá um espaço oficial dedicado para compra, testes e soluções para dúvidas e problemas técnicos direto com especialistas da gigante de Cupertino. Embora não haja uma data exata para a estreia do estabelecimento, as obras no local continuam a todo vapor. E o pessoal do Blog do iPhone conseguiu algumas imagens de como está ficando a construção.

Quem passa pelo Morumbi Shopping na avenida Roque Petroni, onde ficará a loja na capital paulista, certamente deve reparar em uma grande estrutura na parte externa do edifício. O pavilhão lateral, que antes era ocupado por uma fachada de vidro, foi destruído e agora possui uma área com dois andares – do lado de fora é possível notar apenas paredes de concreto. Segundo o site, no primeiro andar ficará a entrada normal do shopping para a realização de eventos, enquanto que o segundo andar será de fato a loja da Maçã, com sua entrada voltada para dentro.

Apple Store SP

Quando as obras estiverem concluídas, as paredes externas de concreto devem receber um revestimento especial. O resultado final deve ficar assim, como o da maquete na foto abaixo:

Apple Store SP

Outro detalhe destacado pelo Blog é que, assim como a loja na capital carioca, a Apple Store de São Paulo não deve ter nenhum tratamento diferenciado quanto ao design, se limitando apenas a um espaço exclusivo e oficial da companhia. Ou seja, ainda não será desta vez que veremos uma arquitetura mais chamativa como a loja em formato de cubo de vidro em Nova York, nos Estados Unidos. Além disso, dependendo do ritmo das obras, é provável que a loja em São Paulo seja inaugurada apenas no ano que vem.

Também vale lembrar que a empresa está em busca de profissionais para trabalhar na futura loja da capital paulista. No final de setembro, eram 27 vagas de emprego em diversas áreas, como marketing, vendas, operações, varejo, administrativo, promoção, engenharia de software e engenharia de hardware. Os salários e os prazos de inscrição não foram divulgados pela companhia, mas os requisitos exigidos e a descrição das atividades de cada cargo estão no site da Apple (clique aqui para acessar). Lá é possível se inscrever para participar do processo seletivo.

A primeira Apple Store brasileira foi inaugurada no dia 15 de fevereiro de 2014, no Shopping Village Mall, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A loja segue o estilo "pavilion", expressão dada pela própria companhia, com apenas um andar e uma longa fachada curva com 30 metros de comprimento, toda feita de vidro. Mais de 100 produtos estão à venda – alguns exclusivos para o Brasil – e disponíveis para os visitantes experimentarem, incluindo Macs, iPads, iPhones e iPods. Há ainda o Genius Bar, um balcão de 7,6 metros onde os clientes recebem dicas, conselhos e instruções de configurações, serviços e reparos nos aparelhos da Apple.

A Apple Store carioca também oferece workshops gratuitos sobre os produtos da marca, e cada módulo tem uma hora de duração, feito na própria loja. Outra novidade é o One to One, um serviço que permite a novos consumidores receberem treinamento (individual ou em grupo) quando desejarem, logo após um agendamento. Por ano, o serviço custa R$ 249 e pode ser um bom começo para quem ainda não é familiarizado com as máquinas pessoais da companhia.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.