Veja algumas mudanças que ocorreram na Apple desde o falecimento de Steve Jobs

Por Redação | 19 de Agosto de 2013 às 07h15

No início deste ano, Tim Cook, atual CEO da Apple, comentou sobre Steve Jobs, dizendo que ele "mudava de ideia tão rápido que você até esquecia que ele foi o único a tomar a posição contrária no dia anterior". O executivo dizia que isso o ajudou a encontrar grandes ideias que pudessem ser trabalhadas por sua companhia.

Algumas coisas mudaram na Apple desde que Steve Jobs faleceu, em 2011. Algumas delas, provavelmente, o fundador e ex-CEO da Maçã não aprovaria. O site Business Insider listou algumas dessas alterações que a empresa tem vivido desde a partida de Jobs.

1. Apple 'matou' a interface que imita a realidade do iOS

Mudanças Apple falecimento Steve Jobs

Jobs era um grande fã de ilustrações que se assemelham a objetos reais. Ele adorava as mesas de jogos que simulavam as mesas dos cassinos de Las Vegas, Estados Unidos, no Center Game do iOS. Mas a Apple acaba de 'matar' isso, com uma interface mais plana que remove todos os gráficos e ilustrações que imitam a vida real.

2. Apple está eliminando os retângulos arredondados

Mudanças Apple falecimento Steve Jobs

O empresário adorava retângulos arredondados. Existe uma história em sua biografia oficial que alguém um dia o questionou sobre sua preferência e decisão de usá-los logo nos primeiros anos da Apple. Steve Jobs levou essa pessoa para dar uma volta no quarteirão e mostrar quantos retângulos arredondados estão presentes no nosso cotidiano. O novo software do iPhone possui mais círculos do que nunca e ele talvez não aprovaria isso.

3. Jobs dizia ser contra tablets pequenos, mas a Apple fez o iPad mini

Jobs afirmou durante muito tempo que os tablets com telas menores do que 10 polegadas não teriam sucesso no mercado, porque eles fornecem uma experiência terrível com aplicativos. Ele também afirmou que as empresas teriam que vender lixas junto com os tablets, já que os usuários precisariam lixar seus dedos para conseguir usar os tablets menores. No entanto, a Apple lançou o iPad mini e os consumidores parecem gostar bastante do modelo.

4. Apple fez grandes dividendos e recomprou muitas ações

A pilha de dinheiro da Apple cresceu significativamente enquanto Steve Jobs estava vivo. Apesar do clamor pelos dividendos de investidores, Jobs nunca cedeu à pressão e não devolveu o dinheiro aos acionistas. Depois que ele morreu, Tim Cook decidiu dar aos investidores uma grande recompra de ações e dividendos.

5. Mapas da Apple foram um completo desastre

Mudanças Apple falecimento Steve Jobs

Jobs mandou a equipe do MobileMe embora depois de entregarem um produto terrível. O que ele teria feito quando a empresa lançou o Apple Maps? Muito provavelmente, ele teria ficado furioso. Mas, curiosamente, ele também poderia ter aprovado a maneira como Cook lidou com o Maps. O atual CEO demitiu o gerente do Apple Maps e tirou Scott Forstall da liderança da divisão.

6. Apple equipara contribuições de seus funcionários

Steve Jobs não era muito conhecido por sua caridade. Principalmente, porque ele não demonstrou isso publicamente nenhuma vez. Assim que ele se foi, Tim Cook decidiu tornar a Apple uma empresa mais caridosa, equiparando as contribuições de seus funcionários.

7. Siri é uma piada

A assistente Siri, provavelmente, seria mais um produto odiado por Jobs. Com um funcionamento não muito bom, acredita-se que o empresário teria mandado alguém embora por causa dos resultados da Siri.

8. Redução na publicidade da Apple

Jobs tinha um apreço especial por anúncios. Ele desenvolveu vários comerciais fantásticos e clássicos para a Apple. Desde sua morte, o marketing da empresa tem perdido espaço. O setor tentou lançar um monte de estilos diferentes de anúncios, mas nenhum deles teve muita repercussão.

9. A visão do público sobre a Apple não é tão boa como era antes

As pessoas continuam amando a Apple. Mas, ela já não é mais vista como a melhor marca do mundo. Parte disso se deve ao fato de Tim Cook não ser tão talentoso como Jobs para controlar e passar a mensagem da Apple. Isso realmente não é algo contra Cook, mas ninguém é tão talentoso para compreender a mídia e controlar a mensagem como Steve Jobs foi.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.